COMPRA DE PROCESSOS TRABALHISTAS É ALTERNATIVA PREVISTA EM LEI QUE BENEFICIA QUEM ESPERA POR INDENIZAÇÃO

Quem já não ouviu histórias de trabalhadores que processaram empresas e demoraram anos para receber os valores de uma sentença favorável no Judiciário? Dados oficiais mostram que no Brasil há mais de 7,4 milhões de processos trabalhistas ativos, que somam cerca de R$ 700 bilhões pedidos em ações indenizatórias.

A tramitação do processo dura em média cinco anos. Mas, dentro deste período, mesmo após uma sentença favorável em segunda instância, estima-se que seja necessário esperar até três anos para receber o valor determinado em tribunal. O que muita gente não sabe é que existe uma alternativa para que trabalhadores antecipem os valores de uma ação e assim possam atender às necessidades geradas ao longo de uma disputa trabalhista: a venda de processos trabalhistas, a chamada cessão de crédito judicial, prevista no artigo 286 do Código Civil.

Trata-se de uma alternativa para quem tem processos trabalhistas em andamento e precisa antecipar o recebimento desse valor. A procura dos brasileiros por este serviço vem crescendo. “Muitas pessoas estão com dificuldade para pagar suas contas e até mesmo sobreviver por não conseguirem arcar com itens básicos como alimentação e moradia. Antecipar os valores das ações trabalhistas é uma maneira de ajudá-las”, afirma Herbert Camilo, sócio fundador e diretor de operações da Anttecipe.com, empresa que atua no ramo de antecipação do crédito judicial.

Como funciona

A empresa compra os créditos judiciais das pessoas que estão processando, na Justiça do Trabalho, empresas financeiramente sólidas, de médio e grande porte. A ação precisa ter sentença ganha em segunda instância e cada caso é analisado pela Anttecipe.com, que pode pagar até 80% do valor líquido que o reclamante tem direito no processo, em até 24h após a assinatura do contrato. A negociação da venda do processo trabalhista é 100% online.

Além da demora, muitos brasileiros nestas condições enfrentam outros entraves que podem surgir após anos de disputa judicial, como a falência das empresas processadas, por exemplo, o que impediria o trabalhador de receber seu dinheiro. Ao vender sua ação trabalhista, ele recebe o valor da negociação e fica isento desse risco.

Quem já aderiu a esta opção tem usado o dinheiro para quitar dívidas, cuidar da saúde e até para investir no próprio negócio, por exemplo. “É uma opção de liquidez para o brasileiro que não quer ou não pode esperar. É gratificante receber os depoimentos de pessoas que receberam seu dinheiro de maneira antecipada e puderam quitar suas dívidas e realizar seus sonhos”, diz Denys Paulon, sócio fundador e diretor financeiro e relacionamento com investidor da Anttecipe.com.

A Anttecipe é uma empresa que atua na compra de processos trabalhistas (crédito judicial). É formada por profissionais que atuam há mais de 20 anos no mercado e reúnem expertise nas áreas financeira, operacional, jurídica, customer experience, e-commerce e marketing.

Recentemente, no final de 2021, recebeu um aporte de R$ 30 milhões de um grupo de investidores para expandir sua atuação neste mercado. A empresa já assinou mais de 400 contratos de cessão de crédito.

 

Foto 1 – Herbert Camilo, sócio fundador e diretor de operações da Anttecipe.com.

Foto 2 – Denys Paulon, sócio fundador e diretor financeiro e relacionamento com investidor da Anttecipe.com.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

TEGRA LANÇA EMPREENDIMENTO FAMILIAR EM REGIÃO PRIVILEGIADA DE CAMPINAS

A Chácara da Barra, em Campinas (SP) vai receber um novo empreendimento da Tegra voltado …

Facebook
Twitter
LinkedIn