CURSO GRATUITO ENSINA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS EM INSTITUIÇÕES CULTURAIS

Casa das Rosas, Museu da Pessoa, Biblioteca de São Paulo e Instituto Tomie Ohtake são algumas das instituições culturais que sediarão um curso gratuito de contação de histórias realizado pela Arte Despertar, entre os meses de outubro de 2016 e julho de 2017.

SAO PAULO - SP JANEIRO 2011 - Imagens para divulgação de Regina Vidigal Guarita, diretora do Conselho da ONG Arte Despertar. Fotos de Divulgação ONG Arte Despertar

A proposta da formação, que tem carga horária de 24h, é trabalhar a potencialidade das narrativas de literatura oral como uma ferramenta de aproximação, comunicação e expressão. As narrativas fazem parte da história da humanidade e trazem em si valores, sonhos, conhecimentos, tradições culturais e sentimentos. Provoca, no contato com o outro, reflexões sobre questões comuns a todos os seres humanos.

Comandadas por uma dupla de experientes contadores de histórias, o curso apresentará fundamentos, técnicas e benefícios de se trabalhar a narrativa oral em diferentes ambientes, assim como a relevância da contação de histórias para o autoconhecimento e o desenvolvimento de competências e habilidades.

O conteúdo programático abordará os vários tipos de histórias – como lendas, mitos, fábulas, história de origem, contos de fadas, entre outros -, a relação com a música, as inúmeras abordagens possíveis para se contar uma história, técnicas como interpretação, oralidade e improvisação, e o papel do contador de história ao longo da história universal.

O projeto é realizado no âmbito do Programa de Ação Cultural (ProAc-SP) da Secretaria da Cultura do Governo de São Paulo, com patrocínio do Aché Laboratórios Farmacêuticos, By Kamy e UBV.

As primeiras instituições a oferecer a formação serão a Casa das Rosas e o Museu da Pessoa.

Na Casa das Rosas as atividades serão divididas em seis aulas teóricas e práticas de 4h cada. A primeira teve início neste sábado (01/10). As demais acontecem nos dias 08, 15, 22, 29 de outubro e 05 de novembro, das 14h às 18h.

Já no Museu da Pessoa o curso será divido em oito aulas de 3h cada, nos dias 8, 15, 22, 29 de outubro , 05 e 12 de novembro, das 10h às 13h.

Na Biblioteca de São Paulo e no Instituto Tomie Ohtake, com início previsto para 2017, as datas ainda serão definidas.

A Associação Arte Despertar é um negócio social sem fins lucrativos, fundado em 1997 e, desde então, atua em duas frentes: AD Saúde e AD Educação, tanto no desenvolvimento de projetos sociais, quanto na prestação de serviços.

Suas ações são voltadas para o desenvolvimento humano com foco em competências socioemocionais, nas áreas de saúde e educação, com o objetivo de despertar o que há de melhor no ser humano por meio da arte e da cultura. Para a realização de suas atividades estabelece parcerias com instituições de saúde, espaços educativos e culturais.

Em reconhecimento ao seu trabalho, em 2013, a Associação foi finalista do Prêmio Empreendedor Social; em 2011, recebeu a certificação da Fundação Banco do Brasil de Tecnologias Sociais; e, por dois anos consecutivos, 2009 e 2010, ganhou o Prêmio Cultura e Saúde dos Ministérios da Cultura e da Saúde.

 

 

Foto: Diretora do Arte Despertar, Regina Vidigal.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MEDSÊNIOR INAUGURA OPERAÇÃO EM CAMPINAS COM INVESTIMENTO INICIAL DE R$ 10 MILHÕES

Com investimento de R$ 10 milhões e com atuação em seis estados (Espírito Santo, Minas …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn