PRIMEIRA FINTECH ESPECIALIZADA NA ARRECADAÇÃO FINANCEIRA PARA FESTAS DE FORMATURA REFORMULA SUA MARCA

O Banco de Formaturas, pioneiro ao guiar formandos e comissões durante o processo da arrecadação financeira para festas de formatura, acaba de anunciar a reformulação de sua marca. A startup passa a se chamar Keeper com o objetivo de acompanhar as mudanças do mercado e as necessidades do seu público-alvo.

Para o desenvolvimento da nova marca, a startup fez três pesquisas junto aos clientes e não clientes – jovens universitários de 18 a 24 anos – sobre a percepção de valores nos serviços do Keeper, além de estudar o mercado na busca de referências e tendências junto aos consumidores, garantindo que a empresa se adeque as principais atualizações do segmento.

Fundada em 2013, a fintech soma uma carteira de 50 mil universitários guiados pela plataforma de forma segura e prática, resguardando-os de possíveis fraudes, falências e planejamentos inadequados de adesão junto às empresas do segmento de formatura, problema recorrente antes da chegada do Keeper, tendo movimentado mais de R$ 430 milhões nesses anos. Para 2019, a projeção é que a empresa fature 130% a mais do que 2018 e realize a arrecadação de cerca de 100 formaturas.

Para Caio Zenatti, CEO do Keeper, é possível estimar os valores de adesão de acordo com os desejos dos formandos com projeções anuais, além do sistema oferecer opções variadas de arrecadação de dinheiro como a organização de rifas, venda de produtos personalizados e ingressos de festas, todas as ações por meio da plataforma.

O período para a arrecadação de dinheiro para a festa de formatura costuma ser muito estressante e dar essa responsabilidade à alguns alunos da comissão de formatura torna-se uma responsabilidade enorme, é preciso cobrar os alunos, controlar o dinheiro e muitas vezes falamos de milhões de reais em uma conta de pessoas físicas, o que pode gerar problemas com a receita federal.

Se optarem por transferir a responsabilidade para uma empresa de formatura, limitam a concorrência futura e passam a correr o risco da empresa falir ou desaparecer, o que é bastante recorrente nesse mercado. O Keeper traz a praticidade necessária e a segurança de que o dinheiro estará seguro, deixando-os tranquilos para focar na produção da tão sonhada festa de formatura.

 

Foto:  Caio Zenatti, CEO do Keeper.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PRÁTICA CORPORAL CHINESA QUE MELHORA O HUMOR E A DISPOSIÇÃO É OFERECIDA EM CAMPINAS

A correria do dia a dia pode ser estressante. Em meio a compromissos familiares, trabalho, …

Facebook
Twitter
LinkedIn