SOFISTICAÇÃO E CONFORTO PARA MORAR NA MELHOR LOCALIZAÇÃO DE VALINHOS

Morar em uma região que proporcione lazer, infraestrutura em serviço com a sofisticação e segurança de um condomínio fechado. Essa é a proposta do residencial Reserva do Alto, que será erguido no bairro Alto Boa Vista, um dos pontos mais desejados de Valinhos (SP). O condomínio será construído pela Direcional Engenharia, uma das líderes do setor da construção civil no Brasil. O residencial terá quatro torres de 15 andares ocupando um terreno de 34.153,52m2, num total de 476 unidades de dois dormitórios com varanda e suíte em alguns.

Localizada estrategicamente na Região Metropolitana de Campinas, Valinhos é considerada a 5ª melhor cidade para se viver em São Paulo, com base no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), em levantamento realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Fundação João Pinheiro.

De acordo com a gerente comercial da Direcional, Luzia Mosqueto, a construtora investiu na cidade por ela oferecer uma excelente qualidade de vida para a sua população e ser considerada um polo promissor em desenvolvimento econômico: “A região conta com atividades produtivas em várias áreas como, plásticos, metalurgia, agricultura, informática, entre outras. Valinhos tem o conforto e a tranquilidade de uma cidade do interior com características de capital. Além disso, oferece moradia, emprego, saúde e educação”, destaca.

Reserva do Alto

O projeto do Reserva do Alto desenvolvido pela Direcional Engenharia será erguido em uma excelente localização, na Rua Ângelo Mamprim, 183. O novo empreendimento estará próximo ao Shopping Valinhos, escolas, faculdade, clube, supermercado, hospitais e a 8 minutos do centro da cidade. Também oferece fácil acesso às principais avenidas de Valinhos e às rodovias Anhanguera e José Roberto Magalhães Teixeira.

Os apartamentos, nos modelos Garden e Tipo, terão tamanhos variando de 48 à 55m². Os moradores ainda vão contar com oito elevadores – dois por torre – uma vaga de garagem por unidade e outras 48 para visitantes, portaria com segurança 24 horas e entrada de carros com clausura.

Outro atrativo do empreendimento é sua área completa de lazer, com duas churrasqueiras, piscinas infantil e adulto, dois salões de festa, quadra, play baby, play kids, pista de caminhada, fitness externo e pergolado. As áreas comuns serão entregues aos moradores equipadas e decoradas.

Com valores a partir R$215 mil, a Direcional está comercializando o empreendimento com ótimas oportunidades de negociação. “O Reserva do Alto está com entrada facilitada para a aquisição, além da possibilidade de utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e ainda a composição de renda com até três familiares para facilitar as possibilidades de financiamento”, explica Luzia Mosqueto.

Atenta à questão da sustentabilidade, o Reserva do Alto terá bacia com caixa acoplada Dual Flush (duplo acionamento) e torneiras com arejador nos apartamentos e áreas comuns e postes com iluminação de led na área de estacionamento.

Ao longo de seus 37 anos de história no mercado imobiliário, a Direcional Engenharia se consolidou como uma das maiores construtoras e incorporadoras do Brasil, de acordo com o ranking de Inteligência Empresarial da Construção (ITC). Com sede em Belo Horizonte, a empresa atua em 12 estados nas cinco regiões do Brasil: Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo.

À frente da empresa estão Ricardo Valadares Gontijo, diretor-presidente, e Ricardo Ribeiro, vice-presidente. Em números, a Direcional emprega diretamente 8 mil colaboradores e tem mais de 130 mil unidades entregues/incorporadas. A empresa possui registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e negociação de ações no Novo Mercado da BM&F Bovespa, sob o código DIRR3.

A construtora atua no desenvolvimento de empreendimentos que se enquadram no segmento supereconômico (Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida), econômico (Faixas 1.5, 2 e 3 do MCMV), médio e alto padrão, além de hotéis e empreendimentos comerciais. Desde sua entrada no programa Minha Casa Minha Vida, foram contratadas 17 mil unidades, totalizando R$ 1,5 bilhão em Valor Geral de Vendas.

 

Fotos 1 a 4 – Perspectiva do residencial Reserva do Alto em Valinhos.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

URCA CAPITAL PARTNERS LANÇA GESTORA E APRESENTA SEU PRIMEIRO FUNDO IMOBILIÁRIO

Fundada em 2009, a Urca Capital Partners, com escritórios nas cidades de Rio de Janeiro …

Facebook
Twitter
LinkedIn