COMO EVITAR QUE A GESTÃO DAS FINANÇAS SEJA UMA DOR DE CABEÇA PARA AS PMEs

Um dos principais problemas das pequenas e médias empresas (PMEs) é cuidar de suas finanças. O cenário econômico brasileiro atual tem sido um ambiente desafiador com a Taxa de juros do país na casa dos 13,75%, segundo o Banco Central (BC), e projeção tímida para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2023, de 0,59%, conforme dados do Boletim Focus.

A necessidade de focar no negócio faz com que, muitas vezes, a gestão financeira acabe ficando em segundo plano, o que pode acabar custando a sua sobrevivência. De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 48% das companhias brasileiras não consegue seguir operando por mais de três anos por conta da falta de controle financeiro.

Nadar contra a maré e alavancar o negócio em águas bravas faz com que muitas PMEs acabem deixando de lado o cuidado com suas finanças, o que é bastante preocupante. Prova disso é o resultado mais recente do Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian, que revelou a existência de 6,3 milhões de empresas com o nome no vermelho no mês passado. No montante total, o levantamento ainda mostrou que elas acumulam 44,6 milhões de dívidas negativadas, que, em valor, representam R$ 105,2 bilhões somente no período.

Os avanços tecnológicos e a digitalização deram um empurrão na criação de serviços financeiros que facilitam a vida de quem está à frente da tarefa de zelar pela manutenção de um caixa saudável dessas companhias, evitando riscos que possam impactar a operação. Nesse sentido, os bancos digitais largaram na frente para atender essa demanda.

Um exemplo que vem apostando forte nesse movimento é o Linker, cuja atuação é voltada exclusivamente para atender esse público. De acordo com Daniel Benevides, co-founder e CDO do Linker, as novidades em soluções da empresa têm como foco as empresas que estão escalando rapidamente e precisam de um suporte financeiro especializado para tornar o dia a dia dos gestores financeiros mais descomplicados.

Seguindo uma demanda deste mercado, o conceito “beyond banking” tem ganhado cada vez mais adeptos pelo Brasil, justamente para atender empresas que precisam de serviços bancários que vão além do tradicional, como é o caso de serviços de consultoria de negócios e em marketing digital, além do atendimento com um executivo de contas, exclusivo para tirar dúvidas.

Isso é de suma importância, visto que o setor de serviços — que tem grande participação no mercado das pequenas e médias — sofreu uma queda recente. Segundo o Índice Omie de Desempenho Econômico das PMEs (IODE-PMEs) de setembro, a movimentação financeira real do setor recuou 2,6% na comparação anual, após queda de 4,5% observada em julho de 2022. E esses resultados mostram que os empreendedores precisam estar ainda mais atentos com a gestão diária do seu fluxo de caixa neste período de recuperação econômica.

Daniel Benevides ressalta que o papel dos consultores tem por objetivo ajudar as PMEs a seguirem rumo ao crescimento. Enquanto os serviços do consultor de negócios ajudam o fundador ou CFO a pensar nas estratégias para o momento no qual a startup se encontra atualmente, o consultor de mídia digital atua para a empresa acelerar suas vendas por meio de softwares de automação para campanhas de Google e Facebook Ads com inteligência artificial.

Para David Mourão, fundador e CEO do Linker, o objetivo é seguir inovando no mercado e apostando em novas evoluções para as PMEs nos próximos anos, onde oferecer ferramentas de gestão financeira ficará no centro dessas novidades. “As necessidades das PMEs devem ser olhadas com carinho pelo mercado, pois são elas que movem a economia brasileira – elas respondem por quase um terço do PIB do país, segundo dados do Sebrae. Temos que ajudá-las a seguir um caminho de crescimento sustentável e com um horizonte promissor para o futuro”, finaliza.

 

Foto 1 – David Mourão, fundador e CEO do Linker.

Foto 2 – Daniel Benevides, co-founder e CDO do Linker.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PODCAST PANORAMA DE NEGÓCIOS TEM COMO TEMA MOBILIDADE URBANA INTELIGENTE DE FORMA SUSTENTÁVEL

Neste episódio do podcast Panorama de Negócios vamos falar sobre mobilidade urbana inteligente de forma …

Facebook
Twitter
LinkedIn