LIDERANÇA FEMININA É TEMA DO MAIOR CONGRESSO DO SEGMENTO

O congresso Life – Liderança Feminina em Movimento retoma o formato presencial após duas versões digitais. Um dos grandes eventos anuais promovidos pela Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional São Paulo (ABRH-SP) dedica esta 7ª edição à equidade de gênero. Marcado para 05 de agosto, no Villa Blue Tree, na capital paulista, o encontro agrega Life Talks nesta versão. Nas palestras de curta duração serão discutidos vários assuntos de relevância no mundo corporativo da atualidade. Inclusão LGBTQIA+, etarismo nas empresas, equivalência salarial entre homens e mulheres são alguns destes temas. As inscrições para o Life já estão abertas.

Lançado em 2016 pela ABRH-SP como Conalife (Congresso Nacional de Liderança Feminina), o evento evoluiu e intensifica desde a primeira edição do Life o debate sobre a equidade de gênero para promover transformações estruturais nos ambientes organizacional e social destacando a liderança feminina.

Com convidados especiais e novidades em sua extensa programação, a 7ª edição traz como tema central “Liderança Feminina: Diálogos Estratégicos para a Equidade”. “Após entender as tendências nacionais e internacionais, percebemos que nada mais propício do que desenvolver diálogos estratégicos sobre a liderança feminina”, afirma Livia Mandelli, coordenadora de Conteúdo do Life.

Para Janine Goulart, vice-presidente da ABRH-SP, depois das seis edições presenciais e das duas versões digitais, o congresso deste ano cumpre uma missão primordial, que é a conexão de pessoas. “Este é um momento especial em que temos a oportunidade de apresentar soluções estratégicas para a equidade e o posicionamento feminino”, diz. “O que nos move é uma forte paixão em contribuir com a sociedade e trazer velocidade para a reflexão e para a ação no que tange à transformação social.”

Com um novo modelo, o congresso vai dedicar o período da manhã para diálogos com c-levels. “O intuito é trazer à luz questões necessárias para o topo das organizações, minimizando a solidão existente nestas posições”, destaca Livia Mandelli. À tarde, voltado à comunidade de Recursos Humanos, as palestras magnas, os painéis simultâneos e os talk shows abordam os desafios do posicionamento feminino para as transformações organizacionais, a cultura de inovação pelo olhar de mães, pais e figuras parentais das equipes, entre outros temas.

Este ano, o congresso reserva espaço para Life Talks. Nestas palestras com duração de 13 minutos, o Life traz vários temas para as reflexões. Um deles é o etarismo como estratégia de negócios. A real inclusão LGBTQIA+ nas organizações está na pauta, assim como a inserção feminina no universo tech.

Ações sociais

Durante o 7º Congresso Life, o Instituto Amor em Mechas fará uma ação cortando cabelos, que posteriormente serão usados para confecção de perucas para mulheres em tratamento de câncer ou alopecia. Com este trabalho, a instituição tem como proposta elevar a autoestima e colaborar para a melhoria da saúde das pacientes.

O evento também vai arrecadar absorventes higiênicos que serão destinados a mulheres em situação de pobreza menstrual.

 

Foto: Janine Goulart, vice-presidente da ABRH-SP.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PODCAST PANORAMA DE NEGÓCIOS TEM COMO TEMA MOBILIDADE URBANA INTELIGENTE DE FORMA SUSTENTÁVEL

Neste episódio do podcast Panorama de Negócios vamos falar sobre mobilidade urbana inteligente de forma …

Facebook
Twitter
LinkedIn