PUC-CAMPINAS – 80 ANOS: MESA-REDONDA ABORDA POTENCIAL ECONÔMICO DA RMC E RETOMADA DO CRESCIMENTO PÓS-COVID

O diretor titular do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) regional Campinas, José Nunes Filho, participa da mesa-redonda com o tema “o potencial econômico da Região Metropolitana de Campinas e a retomada do crescimento pós-covid”. A live, que acontece no dia 25 de maio, das 9h30 às 11h30, reúne economistas e convidados de importantes instituições regionais e integra as comemorações dos 80 anos da PUC-Campinas. O evento é gratuito e aberto ao público com transmissão on-line.

A Região Metropolitana de Campinas (RMC), composta por 20 municípios, ostenta diversificada produção industrial, sobretudo em setores dinâmicos de alto valor científico e tecnológico, fator que tem resultado em crescentes ganhos de competitividade nos mercados internos e externos. Em 2019, segundo pesquisa do Instituto IPC Maps, a região exibia o segundo maior potencial de consumo do Estado de São Paulo e o 12º do Brasil, estimado em R$ 34,5 bilhões.

Com a crise sanitária causada pela Covid-19, a RMC retrocedeu no processo de recuperação pelo qual caminhava antes da pandemia. Os efeitos foram sentidos em todos os setores, em especial nas atividades de alojamento e alimentação, que tiveram suas operações suspensas ou limitadas devido às medidas de isolamento social. O setor externo também somou prejuízos em razão da redução da demanda internacional. Por consequência, muitos empregos foram perdidos.

O Observatório PUC-Campinas, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, tem acompanhado, desde 2018, o panorama econômico e social da RMC, produzindo estudos e informativos que retratam a realidade regional. Por esse motivo, participam da live os docentes extensionistas Eliane Rosandiski e Paulo Oliveira, economistas responsáveis pelo levantamento e análise de dados relativos ao mercado de trabalho e ao comércio internacional na região. Eles apresentarão o cenário atual e discutirão as possibilidades de retomada pós-pandemia.

Também estarão presentes no encontro o diretor titular do CIESP-Campinas, José Nunes Filho, e o diretor-executivo da Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp), Benjamim Bill Vieira de Souza. Os convidados abordarão, respectivamente, as perspectivas para o setor industrial no contexto pós-covid, e as soluções coordenadas entre os municípios para enfrentar os desafios impostos pela crise.

O evento busca apresentar informações e levantar reflexões que contribuam para a elaboração de políticas públicas e ao desenvolvimento de planos para a melhoria da sociedade. Desta forma, é destinado à população em geral e, principalmente, aos gestores públicos municipais. O público poderá, depois das apresentações, encaminhar perguntas aos palestrantes.

A PUC-Campinas comemora, no dia 7 de junho de 2021, seus 80 anos de atividade, firmando-se como uma das mais importantes instituições de ensino do Brasil. Uma das sete pontifícias universidades católicas brasileiras, a Universidade promoverá uma série de atividades durante todo o ano para celebrar as oito décadas dedicadas ao ensino, em que se formaram mais de 200 mil profissionais em diversas áreas.  Inscrições – bit.ly/2RRtZ1y

 

Foto: Diretor Titular do Cisp Campinas, José Nunes Filho.

Crédito: Roncon & Graça Comunicações/Arquivo.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

INSTITUTO LAFARGEHOLCIM REALIZA AÇÃO JUNTO A COLABORADORES E DOA MILHARES DE BRINQUEDOS

O mês de outubro foi marcado pela solidariedade nas cidades onde a LafargeHolcim tem fábricas …

Facebook
Twitter
LinkedIn