SOLUÇÕES DA MAUSA E YASKAWA DÃO VIDA NOVA AO “TRANSBORDO VERGUEIRO”

Foram mais de 20 anos de poluição ambiental, mas finalmente a Estação de Transferência Vergueiro que recebe os resíduos domésticos (lixo), passou por ampla reforma e acaba de ser inaugurada pelo prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes. No local, funcionou o Incinerador Vergueiro até 2002. Hoje, cabe a Ecourbis Ambiental, responsável pela coleta de 7 mil toneladas de lixo das regiões Sul e Leste da capital paulista, gerenciar a operação da estação. Local que irá receber 1.500 toneladas de resíduos recolhidos dos bairros do Ipiranga, Vila Prudente, Vila Mariana e Jabaquara.

Na inauguração, o prefeito enfatizou a tecnologia implantada na estação, uma das mais modernas do mundo. O projeto eliminou odores, atração de pombos e o barulho do despejo de lixo dos caminhões, resultando num prédio de mais de 7 mil m² de área construída, com rampas que permitem a circulação e pesagem interna dos caminhões.

A Mausa Equipamentos Industriais aceitou o desafio de atender às necessidades de aumento de capacidade produtiva e modernização da Estação de Transferência Vergueiro, fabricando duas pontes rolantes personalizadas. “São duas pontes rolantes modernas de 5,6 toneladas, com garras para içamento dos resíduos”, informa Mauricio Bacellar, CEO da Mausa.

Segundo ele, a empresa teve a preocupação de desenvolver a cabine de operação climatizada, com sistema de ar-condicionado e posto de comando, oferecendo assim, maior conforto para o operador. “O sistema de operação é realizado com PLC e inversores de frequência da Yaskawa Elétrico do Brasil”, afirma. A multinacional japonesa, líder na fabricação de inversores de frequência e servo acionamentos, projetou e fabricou o sistema de comando e proteção da ponte rolante. “A Mausa escolheu a Yaskawa porque hoje, no segmento de elevação de cargas, é a empresa com maior excelência em todas as fases que envolvem um sistema de comando e proteção de pontes rolantes. Desde a fase inicial de orçamento, passando pelo projeto, fabricação e finalizando em campo e necessidades pós-entrega. A política da Yaskawa valoriza e tem o domínio da solução como um todo, não só na venda do produto”, destaca Bacellar.

Anderson Sato, diretor da Yaskawa, destaca sobre os inversores de freqüência utilizados no projeto. “Nesse projeto, desenvolvemos uma solução que compõe um conjunto completo de inversores de frequência da nossa linha CR700 e PLC´s da linha SLIO. Esses inversores são dedicados à aplicação de elevação de carga, contendo vários recursos especiais integrados, como sistema anti-balanço, sincronismo de acionamento e carga-leve. Já os PLC´s utilizados da linha CPU SLIO 015PN são compactos, de alta performance e preparados para a integração em rede com todos os dispositivos. Possuem um processador próprio da YASKAWA, Speed7, multilinguagem e são preparados para a indústria 4.0”, informa.

A parceria Mausa com a Yaskawa existe há mais de 20 anos. Da multinacional japonesa, a Mausa adquire basicamente, sistemas de comando e proteção para equipamentos de elevação de cargas. De acordo com Bacellar, atualmente a Mausa possui vários projetos em conjunto com a Yaskawa no segmento de elevação de cargas. São eles: 4 pontes 40/20 toneladas para Liasa, 1 guindaste 10t para Gerdau Pindamonhangaba, 1 ponte 7,5 + 7,5t para Gerdau Pindamonhangaba, 1 ponte 15t para Gerdau  Pindamonhangaba, 2 pontes 5,6t para Ecourbis, 1 ponte 35t para Gerdau Pindamonhangaba, 1 ponte 110/50t para OneSubsea, 1 ponte 150/20/5t para Voith, 1 pórtico 20t para Voith, 1 pórtico 6t para Voith, 1 talha 25t para Voith, 1 ponte 25/10t para OneSubsea, 1 talha 10t para Voith, 1 ponte 40/16t para Arcellor CST, 2 pontes 50/10t para Dan Power, 1 ponte 140/30/8t para Arcellor e 15 equipamentos para Vale Salobo.

Fundada em 1948, a Mausa S.A. Equipamentos Industriais é hoje uma grande provedora de máquinas e equipamentos para indústrias de base em geral. Com 30.000m² de área construída em um espaço próprio de 170.000m² localizado no Distrito Industrial Unileste em Piracicaba/SP, emprega cerca de 400 colaboradores.

Com know-how próprio e acordos tecnológicos com empresas de renome internacional, a Mausa é um importante player dentro da indústria brasileira, atendendo aos mais importantes setores da economia.

Verticalizada, a empresa executa todos os processos necessários para a fabricação dos próprios equipamentos, até mesmo engenharia. Entre os equipamentos, destacam-se: centrífugas, filtros, secadores, bombas de vácuo, pontes e pórticos rolantes, mandrilhadoras, fresadoras e tornos verticais de médio e grande porte.

A Yaskawa Elétrico do Brasil foi fundada em 1974 no País, seguindo os padrões da matriz Yaskawa Eletric Corporation, instalada em 1915 no Japão. O grupo possui 26 centros de negócios localizados ao redor do mundo e emprega aproximadamente 15 mil funcionários. As áreas de negócios da corporação são divididas em três importantes segmentos: Drives, Motion Control e Robótica.

O crescimento da filial brasileira, localizada em Diadema, São Paulo, deve-se principalmente ao direcionamento de esforços em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). A empresa possui centros de desenvolvimento e parcerias com universidades para o desenvolvimento de novos produtos e sistemas automatizados.

 

Foto: Mauricio Bacellar, CEO da Mausa.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CINCO DICAS PARA EMPREENDEDORES QUE QUEREM DESBRAVAR O MERCADO INTERNACIONAL E AUMENTAR O FATURAMENTO

O número de microempreendedores no Brasil tem crescido significativamente e uma pesquisa recente divulgada pelo …

Facebook
Twitter
LinkedIn