UNIVERSIDADE CORPORATIVA SINDUSCON-SP ABORDA OS DESAFIOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

A Universidade Corporativa SindusCon-SP anuncia o início de suas atividades em 2024, com a palestra inaugural aberta, gratuita e virtual do vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, Jorge Batlouni Neto, em 31 de janeiro, às 17 horas. O tema da palestra será os Desafios da Construção Civil para 2024: Como a busca pelo aumento da produtividade e da industrialização dos processos impulsionará as necessárias mudanças nos canteiros de obras e nos edifícios.

Jorge Batlouni Neto é Engenheiro Civil pela POLI-USP, professor do MBA da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e Mestre Engenheiro em Habitação e Tecnologia pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas da USP (IPT). Ele é cofundador do Comitê de Tecnologia e Qualidade (CTQ) do SindusCon-SP, pioneiro nas discussões e trabalhos sobre produtividade no setor da construção.

No CTQ ele atua desde 1995 na análise de questões de tecnologia da indústria da construção e mantém a agenda do comitê comprometida com a troca de experiências bem-sucedidas em setores estratégicos, tais como: estruturas e fundações.

O vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP também é um dos responsáveis pela realização do tradicional Seminário de Tecnologia de Estruturas e Fundações, que conta com 24 edições realizadas, sempre abordando temas pioneiros para seus participantes, que vão desde estudantes até profissionais do setor. Batlouni Neto é superintendente da Tecnum Engenharia e Construções Ltda. (TECNUM Construtora).

Inscrição gratuita – https://sindusconsp.com.br/universidade/palestra-gratuita-os-desafios-da-construcao-civil-para-2024/

O SindusCon-SP é a maior associação de empresas da indústria da construção na América Latina. Congrega 850 construtoras associadas e representa as cerca de 50 mil empresas de construção residencial, industrial, comercial, obras de infraestrutura e habitação popular, localizadas no Estado de São Paulo. Tem sede na capital paulista, e representações em nove regionais, entre as quais a Regional Campinas e uma delegacia nos principais municípios do Interior. A construção paulista representa 27,6% da construção brasileira, que por sua vez equivale a 4% do PIB brasileiro.

 

Foto: Vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, Jorge Batlouni Neto.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

RECORDE DE DEMISSÕES VOLUNTÁRIAS E VALORIZAÇÃO DE BENEFÍCIOS FLEXÍVEIS PELAS GEN Z E Y

Em 2023, o Brasil testemunhou um recorde de demissões voluntárias, resultando em mais de 7,3 …

Facebook
Twitter
LinkedIn