“A MULHER (IN) VISÍVEL” REVELA PODER FEMININO

Fruto de uma pesquisa com mulheres executivas, Ana Paula Vitelli lança  “A mulher (in) visível: vida, trabalho, caminhos e escolhas”, no dia 1 de setembro, das 18h às 21h, no Centro Britânico Brasileiro, na Rua Ferreira de Araújo, 741, em Pinheiros (SP). A doutora em Administração de Empresas apresenta novos olhares sobre a presença feminina no mercado de trabalho formal e mostra a pressão sofrida pelas mulheres em posições de gestão nas empresas. A autora é Presidente do Conselho da Câmara Britânica de Comércio e Indústria no Brasil e primeira mulher à frente da instituição de mais de 100 anos.

A obra aborda também outros contextos – a vida privada, como a mulher se coloca diante das esferas da casa e do trabalho, os desafios que enfrentam e como se posiciona diante desses contextos. O livro revela ainda a ideia do desaparecimento simbólico da mulher, que envolve a fragmentação e fragilização de sua identidade. Esse desaparecimento acontece na vida doméstica, na medida em que a mulher adentra o mercado de trabalho, na organização e na posição da gerência intermediária. “O objetivo da minha pesquisa era compreender os sentidos que as mulheres atribuíam ao seu trabalho e a si próprias na gerência das organizações. Eu buscava um caminho que despertasse outro olhar sobre a mulher no contexto de seu trabalho, indo além das discussões sobre o quanto era discriminada no ambiente da empresa, de forma implícita ou explícita, ou da apresentação de uma extensa lista das desigualdades que enfrentava. Muitos estudos já tinham cumprido essa função. Eu queria ouvir essa mulher, colocando-a em uma posição de voz ativa, na qual ela poderia descrever, explicar e atribuir sentido ao mundo no qual ela vivia e a ela própria”, explica Ana Paula Vitelli, que tem mais de 25 anos de experiência em educação corporativa e consultoria em treinamento de executivos e, atualmente, é Diretora de Desenvolvimento de Negócios na IOB.

“A mulher (in)visível” é resultado do estudo do doutorado da autora, concluído na Fundação Getúlio Vargas. O trabalho ganhou o prêmio de melhor tese na época, em 2012. “Passou-se algum tempo antes dele ser trazido ao formato de livro, mas acabou por se mostrar interessante para que a pesquisa fosse revisitada sob um olhar mais amplo. É inegável que ocorreram avanços na última década quanto a um maior protagonismo da mulher no mercado de trabalho e na sociedade de forma geral. Por outro lado, é curioso observar que os temas que eu havia tratado, há quase uma década, e que apresento nesta obra, continuam muito atuais e pertinentes”, relata a autora.

Organizado em três partes, o livro é finalizado com tópicos que promovem uma reflexão densa: “Onde está a mulher na casa?”, “Onde está a mulher nas organizações?” e, finalmente, “Onde está a mulher?”. O estudo  está estruturado para atender a um perfil diverso de leitores. Aqueles que têm interesse pela temática de forma ampla terão a oportunidade de conhecer a pesquisa e seus achados, considerando o contexto histórico e cultural no qual a mulher está inserida desde o final do século XIX. Para os leitores que também têm interesse acadêmico, encontrarão vasta revisão de bibliografia na temática dos estudos sobre mulheres.

 

Foto 1 – Ana Paula Vitelli autora do livro  “A mulher (in) visível: vida, trabalho, caminhos e escolhas”.

Foto 2 – Capa do livro “A mulher (in) visível: vida, trabalho, caminhos e escolhas”.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PROTEÇÃO DA DADOS NO AMBIENTE EMPRESARIAL

A área de Direito Digital do Lemos Advocacia Para Negócios, através de sua coordenadora, Adriana …

Facebook
Twitter
LinkedIn