ACREFI ELEGE O PRIMEIRO PRESIDENTE NEGRO EM 66 ANOS DE EXISTÊNCIA DA ENTIDADE

A Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi) acaba de eleger seu novo presidente. Tadeu Silva foi eleito para o biênio 2024 a 2026. Ele assumirá a entidade a partir de maio, dando continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo desde quando substituiu o economista Luís Eduardo da Costa Carvalho, fundador da Lecca Financeira. É o primeiro homem negro a presidir uma entidade de classe do setor financeiro.

Tadeu Silva faz parte do conselho da Omni, onde foi presidente até 2023.  É presidente do Centro do Imigrante – AGIR (Ação Global para Imigrantes e Refugiados) e atua como conselheiro nas organizações ABBC (Associação Brasileira de Bancos), CNF (Confederação Nacional das Instituições Financeiras), Instituto Capitalismo Consciente do Brasil e PlurierBR.

Com ampla vivência no mercado financeiro, Tadeu Silva, é um executivo com características de desenvolver negócios e formar equipes de alto desempenho por meio de propósito, cultura e inclusão, sempre abrindo caminhos e criando possibilidades. “Meu compromisso é contribuir para a construção de um mundo melhor, criando um ambiente de negócios mais conscientes, onde resultados, pertencimento e bem-estar coexistem. Minha gestão se baseia em colocar as pessoas no centro, focando em resultados e promovendo o desenvolvimento de lideranças conscientes de seus impactos nas pessoas e no mundo. Uma das minhas características mais marcantes é a empatia e a capacidade de transformar ideias em realidade, abrindo novos caminhos e perspectivas. Essa minha maneira de estar no mundo me trouxe até aqui, ajudando na minha carreira e na vida pessoal. Sempre mantive uma postura otimista e conciliadora, encarando desafios como oportunidades.”, diz Tadeu Silva.

De acordo com ele, a nova diretoria, conselho e o time de colaboradores da Acrefi o ajudarão no desafio de conduzir uma entidade tão grandiosa como a Acrefi pelos próximos dois anos. “Juntos vamos continuar a defender os interesses de nossos associados e reposicionar a Acrefi para um novo momento, de modernização e fortalecimento de sua estrutura para ser protagonista nos temas e desafios que virão pela frente, promovendo o crédito como ferramenta de transformação, inclusão social e desenvolvimento, sempre na busca de um mercado cada vez mais consciente, sustentável e perene.  Esse é o nosso objetivo”, afirmou Tadeu Silva.

Uma das mudanças iniciais está na nova sede da entidade, que saiu da Rua Líbero Badaró, no Centro, para a Rua do Rócio, na Vila Olímpia, novo centro financeiro do País.

Todo esse movimento receberá o suporte de uma nova estrutura, com a criação de diretorias setoriais como veículos, fintechs, agronegócio, varejo e meios de pagamento, além de uma diretoria executiva, formada por Cintia Falcão, Deise Faria e Filipe Pena, que terão o papel de auxiliá-lo na governança da entidade. “Queremos uma Acrefi cada vez mais próxima e pensando nas necessidades dos seus associados. Mais que isso, sendo protagonista em importantes transformações”, apontou Tadeu Silva.

Outro ponto que receberá ainda mais atenção da Acrefi serão as Comissões e Grupos de Trabalho. “Para nós fica claro que as discussões no âmbito das Comissões promovem a democratização do conhecimento e das melhores práticas entre os associados”, finalizou o presidente eleito.

A Acrefi foi fundada em 1958 para reunir as empresas do setor, promovendo o desenvolvimento do mercado e o fortalecimento das relações comerciais no mercado de crédito. Atualmente, conta com mais de 70 associados, incluindo instituições que trabalham com crédito ao consumidor e bancos múltiplos.

 

Foto: Tadeu Silva, presidente eleito da Acrefi.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

SOFTWAREONE CRIA UNIDADE DE NEGÓCIO PARA FORTALECER OFERTA DE SERVIÇOS DA MICROSOFT NO BRASIL

O recente lançamento do Microsoft Copilot e a ascensão do uso da Inteligência Artificial Generativa …

Facebook
Twitter
LinkedIn