BANCOS REVELARÃO ESTRATÉGIAS DE MIGRAÇÃO PARA A NUVEM NO FEBRABAN TECH 2024

O setor financeiro é pioneiro no país em investimento em tecnologia e, no quadro atual de digitalização de serviços, a migração para a nuvem da estrutura de TI passou a ser uma decisão estratégica. Inovação, agilidade e flexibilidade demandadas pelos clientes, além da competição, direcionam os bancos a optarem por soluções baseadas em nuvem.

A pesquisa “Febraban de Tecnologia Bancária 2024”, realizada pela Deloitte, revela que 79% dos bancos pretendem aumentar seus investimentos em cloud neste ano. Decisões estratégicas como essa serão discutidas por especialistas do setor na trilha temática “Agilidade, eficiência e custo como metas na multiplicação da nuvem” do FEBRABAN TECH 2024 – maior evento de tecnologia e inovação do setor financeiro, de 25 a 27 de junho, no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

Mediado por Mona Dorf, diretora-adjunta de Mídias Sociais da Febraban, um dos painéis da trilha será “Enfim o banco movido a nuvem?”, com a participação de Cíntia Scovine Barcelos, diretora-executiva de Tecnologia do Bradesco; Ricardo Contrucci, CTO do Santander Brasil; e Fábio Napoli, diretor de TI/CTO do Itaú Unibanco, que acontecerá em 26 de junho, às 14h45, no Auditório Febraban – Cinza.

No debate estarão questões como a adaptação dos bancos à nova realidade e novos caminhos para o crescimento de receitas, redução de custos e ganho de flexibilidade a partir de serviços como Open Finance, embedded loans, APIs e Banking as a Service (BaaS). Ao adotar soluções baseadas em nuvem, os bancos podem se beneficiar de uma maior escalabilidade, permitindo adaptar-se rapidamente às mudanças de mercado e às demandas dos clientes.

No mesmo dia 26 de junho, às 16h, no auditório Cinza, o destaque da FEBRABAN TECH 2024 será o painel “Multicloud híbrida, a aceleração da inovação e a busca de talentos”, com Suzan Barreto, sócia da PwC Brasil; Cesar Lima Piau, gerente-executivo da Caixa, e Diuliana França, diretora de Serviços Cloud B2B da Embratel; com moderação da jornalista Cristina de Luca.

Aqui, o impulso da Inteligência Artificial é o tema que envolve a adoção de uma multicloud híbrida para que os bancos tenham uma base sólida para integrar novas tecnologias, criar ecossistemas eficientes orientados por API e proporcionar uma excelente experiência aos clientes. Mas, será que isso é verdade? Esse é um dos questionamentos levantados por Suzan. E há mais a conferir. Os bancos têm talentos para essa tarefa, também quando se considera o uso de aplicativos em nuvens privadas e públicas? As tendências que ditam o futuro da tecnologia financeira baseada em nuvem serão reveladas nesta trilha temática.

O FEBRABAN TECH 2024 será uma edição histórica. São 19.681 m² de área construída, crescimento de mais de 50% em relação ao ano passado. A área de exposição também aumentou de 5.506 m² para 6.630 m², avanço de 20%. Serão 226 áreas de exposição – foram 188 em 2023 – e 8 auditórios.

A 34ª edição da conferência tem como tema central “A jornada responsável na nova Economia da IA”, e reunirá lideranças dos setores financeiro, de tecnologia, sustentabilidade, agro e de áreas interessadas em inovação.

 

Foto: FEBRABAN TECH 2023.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MARPA GESTÃO TRIBUTÁRIA ANUNCIA A CONTRATAÇÃO DA UNIMARK

  A Marpa Gestão Tributária, empresa especializada em consultoria tributária, reconhecida por sua excelência e …

Facebook
Twitter
LinkedIn