CREDCAMP É A PRIMEIRA EMPRESA A ADERIR A EMPRESA SIMPLES DE CRÉDITO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CAMPINAS

Com o intuito de expandir a oferta de financiamentos para as micro e pequenas empresas (MPE), a criação da ESC – Empresa Simples de Crédito, veio suprir as lacunas deixadas pelos bancos, que mesmo oferecendo várias linhas de crédito, ainda não são suficientes ou adequadas ao perfil desses tomadores. Segundo Sandro Alves, diretor da Credcamp, a “ESC” permite que os micros e pequenos empresários, até mesmo aqueles em que não são bancarizados, isto é, empresas sem acesso a serviços financeiros, possam tomar recursos emprestados, podendo dar como garantia bens móveis (veículos) e imóveis (casas, aptos, etc.), o que facilita a tomada de crédito e reduz os juros praticados pela empresa credora. No caso de bens imóveis, a modalidade seria a da “alienação fiduciária”, previsto e amparado pela Lei da ESC. “Toda essa operação acontece num tempo recorde, isto é, em até no máximo 10 dias, enquanto que, numa instituição financeira de grande porte, pode demorar até 60 dias. ”, ressalta Sandro.

Somada a esse contexto está à simplificação do acesso ao crédito pelos empreendedores individuais, micro e pequenas empresas. Foi com esse propósito que surgiu a figura jurídica da Empresa Simples de Crédito, criada pela Lei Complementar Nº 167, que tem como objetivo ampliar o acesso ao crédito para setores que encontram dificuldade em tomar empréstimos em grandes instituições bancárias. A nova modalidade promete, segundo dados do governo federal, uma injeção de recursos em micro e pequenos negócios na ordem de R$ 20 bilhões por ano.

As Empresas Simples de Crédito (ESC) atuam proporcionando liquidez de recursos financeiros para micro e pequenas empresas localizadas no município de sua sede e nos municípios limítrofes. As principais formas de atuação dessa nova modalidade empresarial são o financiamento, o empréstimo e a antecipação de recebíveis.

Segundo o diretor da Credcamp, a região de Campinas corresponde a cerca de 7% do PIB do Estado de São Paulo, o que demonstra a concentração de negócios e empregos na região e a importância da atividade ESC.

As perspectivas criadas com as Empresas Simples de Crédito, para um público que até pouco tempo atrás, ou era invisível, ou não estava sendo atendido pelas políticas de crédito dos grandes bancos, são amplamente favoráveis.

 

Foto: Sandro Alves, diretor da Credcamp.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CAMPINAS É A CAPITAL BRASILEIRA DO EMPREENDEDORISMO, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

A cerimônia de abertura do Campinas Innovation Week, na noite desta segunda-feira (10/06) foi um …

Facebook
Twitter
LinkedIn