MONITORA EXPORTA TECNOLOGIA PARA EUROPA E AMÉRICA DO NORTE

Reconhecida por ser a Capital Nacional da Tecnologia, São Carlos, no interior de São Paulo, é destaque por abrigar empresas high tech e importantes centros universitários de incentivo à inovação. Com a instalação de duas renomadas universidades brasileiras, UFSCar e USP, estimulando investimentos e a chegada de empresas de alta tecnologia na região, a cidade teve o seu cenário mudado, passando a ser referência na área tecnológica.

Dentro desse cenário, surge a Monitora, uma fábrica de softwares personalizados para diferentes negócios, focada no outsourcing de serviços. Atuando há quase 10 anos para atender a necessidade digital de diversos clientes, a empresa vem se destacando no mercado de desenvolvimento de software para players nacionais e internacionais. O processo da customização passa por todas as etapas, entre elas engenharia de requisitos, design de software, implementação, controle de qualidade, implantação, testes e manutenção. “Estamos nos tornando uma empresa referência em tecnologia, na qual o cliente pode nos ver como um parceiro de inovação”, explica Marcos Chiodi, diretor executivo da empresa.

Totalmente brasileira, a Monitora nasceu em 2010 a partir de uma ferramenta inédita que monitorava o abastecimento de veículos corporativos, encomendada pela indústria açucareira. Após essa primeira experiência, a Monitora se lançou no mercado atuando também em outras áreas, como saúde, aviação, inteligência artificial, construção, imobiliária, financeira, startups e fintechs.

Depois disso, já em 2012, começou a fornecer tecnologia para VistaJet, companhia inglesa presente em 96% do espaço aéreo privado do mundo. O sistema desenvolvido pela Monitora gerencia 100% da companhia, como o controle de abastecimento, informação de voo, relatório meteorológico, etc. “Ao mesmo passo que a VistaJet expandia a sua cobertura aérea, a Monitora cresceu junto a ponto de liderar projetos tecnológicos para o grupo inglês em fábricas parceiras de software na Ucrânia e no Paquistão”, detalha Chiodi.

Focando em cases de soluções digitais para inovação e automação de processos internos, o portfólio inclui mais de 17 clientes, entre eles Latam, Embrapa, Movida, Serasa Experian, Deloitte, Bild, entre outros. Através de seu P&D, a empresa atuou no fomento e desenvolvimento de três marcas: MedicalBox, Gryfo e AliveTech, que possuem como principais diferenciais o uso de IoT, inteligência artificial e wearable.

Referência em exportar a tecnologia brasileira para Europa e América do Norte, a fábrica de software também possui um escritório em Londres, que cuida das relações comerciais. Localizada em um espaço de mais de 1.000 m² e com mais de 200 funcionários, a Monitora ganhou o reconhecimento da Great Place To Work por ser a melhor empresa de tecnologia da informação para se trabalhar em Ribeirão Preto e Região, em 2018.

Para o futuro, a equipe está trabalhando em eventos para fomentar a inovação e em um projeto inédito que pretende ajudar hospitais e centros de saúde no monitoramento de controles vitais de seus pacientes com uma camiseta tecnológica.

 

Fotos 1 a 3 – Área interna da Monitora.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

VINHO EM LATA É A NOVIDADE DA EVINO EM OUTUBRO

A EVINO, referência nacional em vendas online de vinhos, tem uma grande novidade. A partir …

Facebook
Twitter
LinkedIn