REAG INVESTIMENTOS VAI PRESERVAR E REVITALIZAR PATRIMÔNIO CULTURAL CINE BELAS ARTES

O Cine Belas Artes e a REAG Investimentos firmaram uma parceria para a preservação e revitalização do patrimônio cultural da cidade de São Paulo. A partir de agora, o grupo financeiro independente, com sede na Avenida Faria Lima, é o novo patrocinador deste espaço tão representativo para os amantes da sétima arte, que passa a se chamar REAG Belas Artes. O período de vigência do contrato de naming rights é de cinco anos, com possibilidade de extensão.

A cada mês, em média, circulam 22 mil pessoas pelas seis salas do Belas Artes na Rua da Consolação. O patrocínio permitirá não apenas a manutenção do espaço, mas também iniciativas voltadas à restauração e à modernização da estrutura, garantindo que as futuras gerações continuem a desfrutar desse patrimônio cinematográfico. Além disso, a REAG pretende utilizar o espaço para compartilhar experiências relevantes com público, planeja, por exemplo, uma programação de palestras com nomes relevantes de diferentes segmentos e eventos voltados às finanças e à economia. “A REAG Investimentos não se limita ao apoio financeiro. A parceria vai além, refletindo o compromisso da marca em preservar o tecido cultural da sociedade, valorizando o patrimônio e a história que moldam as comunidades. Este patrocínio não apenas fortalece o Cine Belas Artes, como também reforça o papel essencial das empresas em resguardar o tecido cultural da sociedade. “, reforça João Carlos Mansur, CEO da REAG Investimentos.

André Sturm, diretor do Belas Artes, fala sobre a importância de uma parceria como esta.  “A união entre a REAG e o Cine Belas Artes destaca como as empresas podem desempenhar um papel ativo na preservação do patrimônio cultural, prometendo não apenas preservar o passado, mas também criar um futuro mais vibrante e culturalmente rico para São Paulo”, diz.

O diretor da REAG Investimentos, Silvano Gersztel, destaca a importância desse acervo cultural de São Paulo. “A REAG é uma casa de gestão de patrimônio, e entende que o patrocínio ao Belas Artes é uma forma de transmitir o cuidado, e a preocupação com o acervo cultural da cidade. Os conceitos de preservação de legado, história e patrimônio são valores da nossa marca, que estão sendo externados por meio do patrocínio a este ‘personagem’ urbano que resistiu ao longo do tempo, e estamos entusiasmados em associar nosso nome à preservação dessa peça fundamental da cultura da cidade”, conta.

 

Foto: João Carlos Mansur, CEO da REAG Investimentos.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

RECORDE DE DEMISSÕES VOLUNTÁRIAS E VALORIZAÇÃO DE BENEFÍCIOS FLEXÍVEIS PELAS GEN Z E Y

Em 2023, o Brasil testemunhou um recorde de demissões voluntárias, resultando em mais de 7,3 …

Facebook
Twitter
LinkedIn