ADERE AMPLIA SUA FÁBRICA EM SUMARÉ

Com investimento de R$ 25 milhões, a ADERE, maior fabricante brasileira de fitas adesivas, apresentará oficialmente a expansão de sua fábrica, na sede da empresa em Sumaré (SP), no dia 1º de abril. A ampliação da planta possibilitará o aumento em 13% no quadro de colaboradores. Além disso, será triplicada a capacidade de armazenagem e duplicado o processo de produção. O investimento feito envolve estrutura, aparelhagem e tecnologia. O evento, contará com uma palestra do economista Ricardo Amorim e com a presença de aproximadamente 500 empresários do mercado nacional e internacional do comércio e da indústria.

A ampliação soma 10 mil m² de estrutura. O parque fabril passa a ter 30 mil m² construídos e inclui uma nova área para o Laboratório próprio, ainda mais robusto e tecnológico. “Como fabricante nacional de fitas adesivas, a ADERE possui facilidade de customização de produtos especiais para as mais diversas necessidades do mercado. O laboratório de desenvolvimento é equipado com máquina piloto, o que proporciona maior qualidade e segurança em novos projetos”, destaca o presidente da ADERE, Luís Gustavo Dias.

As obras de ampliação levaram 10 meses para conclusão e o processo de construção empregou cerca de 200 colaboradores, diretos e indiretos. Ao todo, a ADERE ocupa uma área de 150 mil m² em Sumaré. Além da sede, a empresa tem filiais em Recife-PE (polo logístico) e Novo Hamburgo-RS (setor calçadista).

Certificações

A ADERE é a primeira empresa 100% nacional do setor a obter as certificações ISO 9001 e ISO 14001 e a única a oferecer Garantia Permanente em todos os produtos. Em fevereiro deste ano, a ADERE foi certificada pelo (FSC®C199115) Forest Stewardship Council. “A ADERE avança na jornada sustentável! Agora, somos certificados pelo Forest Stewardship Council, o selo verde mais renomado do mundo. Participamos oficialmente do grupo de empresas que contribuem com a gestão responsável do manejo florestal.”, frisa Luís Claudio Gandolphi, diretor industrial da ADERE.

Sustentabilidade

A preocupação com o meio ambiente está presente no DNA da empresa. A ADERE foi a primeira empresa da América Latina a introduzir na linha de produção o processo recuperador de solventes, que otimiza os insumos e evita emissão de gases no ambiente. Com isso, são reaproveitados mais de 2,7 milhões de litros de solventes/ano, cerca de 95% do consumo da empresa. “Acreditamos que o respeito ao meio ambiente é fundamental e, por isso, investimos continuamente nas atualizações tecnológicas de nossas plantas industriais com o compromisso de desenvolver novas práticas ambientais de forma a obter o melhor desempenho de forma sustentável”, enfatiza Dias.

Entre os objetivos e metas ambientais estão o reuso de água; economia circular de aproveitamento de resíduos gerados; coleta seletiva; destinação apropriada do lixo; avaliação dos fornecedores ambientais, o uso racional de recursos naturais e o programa de atendimento a emergências em caso de vazamentos de resíduos, produtos químicos e explosões.

O cuidado com a segurança e o bem-estar dos colaboradores e comunidade é prioridade para a ADERE. A empresa enfatiza esse tratamento por meio de projetos educacionais, artísticos e esportivos.

A ADERE foi fundada no Brasil em 1967 pelo empresário português Luís Gonzaga Dias. A empresa está presente no dia a dia das pessoas, nas casas, nos escritórios, na construção civil e na indústria. Os produtos comercializados atendem os mercados automotivo e transporte; supermercado e papelaria; calçadista e têxtil; arquitetura e comunicação visual; construção e manutenção; flexografia e acabamento gráfico; linha branca e refrigeração comercial; empacotamento e reforço; hospitalar; glazing; emendas de papéis e filmes, elétrica e eletrônica.

A Governança da ADERE é uma Organização societária. O Acordo de Acionistas e Conselho gera políticas internas claras e definidas, conforme o Código de Ética e Conduta.

 

Foto 1 – O parque fabril da ADERE passa a ter 30 mil m² construídos.

Foto 2 – ADERE tem o recuperador de solventes, que otimiza os insumos e evita emissão de gases no ambiente.

Foto 3 – ADERE, maior fabricante brasileira de fitas adesivas.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PARKINSON – O QUE É PRECISO SABER

ARTIGO DA MÉDICA LAURA MORIYAMA  A doença de Parkinson foi descrita em 1817 por James …

Facebook
Twitter
LinkedIn