OUTONO: CONFIRA DICAS PARA CUIDAR DA SAÚDE NA MUDANÇA DE ESTAÇÃO

ARTIGO DO DR. GABRIEL F. MARCHIORI

O início do outono é marcado por uma diminuição significativa das chuvas, principalmente, no Sudeste do país. As temperaturas ficam mais baixas, a umidade cai e o ar mais seco, contribuindo para a aspersão de partículas de alérgenos, como a poeira doméstica, ácaros e pelos de animais, que podem causar reações alérgicas em alguns pacientes. Dentre os sintomas mais comuns estão o espirro, coriza, obstrução nasal, coceira no nariz, ouvido e garganta, tosse e falta de ar.

A rinite, a asma e a sinusite são doenças crônicas em que a exacerbação do quadro é mais comum nessa época do ano, isso porque com o ar mais seco e frio, as vias respiratórias se sobrecarregam e tentam melhorar a qualidade do ar que entra em nossos pulmões – fator que aumenta os sintomas das alergias. Os exames laboratoriais podem auxiliar a identificar os causadores das crises, que inclusive podem ocasionar reações graves.

Sendo assim, cuidar da saúde respiratória e adotar um estilo de vida saudável são passos importantes para enfrentar as adversidades alérgicas da estação e desfrutar dos encantos do outono com bem-estar e conforto.Para aliviar os sintomas dessas possíveis crises, confira as dicas:

Identifique os gatilhos

Procure identificar os agentes desencadeantes das alergias, como pólen, ácaros e mofo, e evite o contato direto com eles sempre que possível. Os exames laboratoriais podem auxiliar a detectar os causadores das crises.

Mantenha ambientes limpos

A limpeza regular da casa, a ventilação adequada e a utilização de filtros de ar podem reduzir a concentração de alérgenos e melhorar a qualidade do ar interno.

Hidrate-se e tenha uma alimentação saudável

Beber água regularmente e consumir alimentos ricos em antioxidantes e anti-inflamatórios pode fortalecer o sistema imunológico e reduzir a resposta alérgica.

Utilize medicamentos adequados

Antialérgicos, descongestionantes e corticosteroides nasais podem ajudar a aliviar os sintomas de forma eficaz, mas sempre sob orientação médica.

Aplique compressas frias nos olhos

Para aliviar a coceira e a vermelhidão nos olhos, compressas frias podem ser uma opção simples e eficaz.

 

Dr. Gabriel F. Marchiori é patologista clínico do laboratório DMS Burnier.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PARKINSON – O QUE É PRECISO SABER

ARTIGO DA MÉDICA LAURA MORIYAMA  A doença de Parkinson foi descrita em 1817 por James …

Facebook
Twitter
LinkedIn