CURSO DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NO MUSEU DA PESSOA ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS

Estão abertas as inscrições para um curso gratuito de contação de histórias realizado pela Arte Despertar, em parceria com o Museu da Pessoa. O curso, que começa no dia 01 de julho, tem como objetivo trabalhar a potencialidade das narrativas de literatura oral como uma ferramenta de aproximação, comunicação e expressão.contação de históriasIMG_0031 (1)

As narrativas fazem parte da história da humanidade e trazem em si valores, sonhos, conhecimentos, tradições culturais e sentimentos. Provoca, no contato com o outro, reflexões sobre questões comuns a todos os seres humanos.

Comandadas por uma dupla de experientes contadores de histórias, o curso apresentará fundamentos, técnicas e benefícios de se trabalhar a narrativa oral em diferentes ambientes, assim como a relevância da contação de histórias para o autoconhecimento e o desenvolvimento de competências e habilidades.

O conteúdo programático abordará os vários tipos de histórias – como lendas, mitos, fábulas, história de origem, contos de fadas, entre outros -, a relação com a música, as inúmeras abordagens possíveis para se contar uma história, técnicas como interpretação, oralidade e improvisação, e o papel do contador de história ao longo da história universal.

As atividades são gratuitas, abertas ao público em geral, e as vagas restritas a 25 alunos por curso. O projeto é realizado no âmbito do Programa de Ação Cultural (ProAc-SP) da Secretaria da Cultura do Governo de São Paulo, com patrocínio do Aché Laboratórios Farmacêuticos, By Kamy e UBV.

Associação Arte Despertar é uma organização social sem fins lucrativos, fundada em 1997 e, desde então, atua em duas frentes: AD Saúde e AD Educação, tanto no desenvolvimento de projetos sociais, quanto na prestação de serviços.

Suas ações são voltadas para o desenvolvimento humano com foco em competências socioemocionais, nas áreas de saúde e educação, com o objetivo de despertar o que há de melhor no ser humano por meio da arte e da cultura. Para a realização de suas atividades estabelece parcerias com instituições de saúde, espaços educativos e culturais.

Em reconhecimento ao seu trabalho, em 2013, a Associação foi finalista do Prêmio Empreendedor Social; em 2011, recebeu a certificação da Fundação Banco do Brasil de Tecnologias Sociais; e, por dois anos consecutivos, 2009 e 2010, ganhou o Prêmio Cultura e Saúde dos Ministérios da Cultura e da Saúde. Mais informações: www.artedespertar.org.br

O Museu da Pessoa, um museu virtual e colaborativo de histórias de vida, já nasceu com a premissa de que toda e qualquer pessoa pode tornar-se, além de visitante, parte de seu acervo por meio de sua narrativa de vida assim como de suas fotos e documentos. Ao longo dos últimos 24 anos, o Museu da Pessoa realizou cerca de 250 projetos de memórias nas áreas de memória institucional e corporativa, educação, comunicação e desenvolvimento comunitário. Desde sua fundação contribuiu para contar as histórias de cerca de 90 empresas e sindicatos do país e disseminou sua metodologia para mais de 4.500 escolas públicas em mais de 30 municípios brasileiros e formou direta e indiretamente cerca de 600 organizações da sociedade civil. Em 2015, uma nova ferramenta foi inaugurada em seu portal (www.museudapessoa.net).

Sentir, ao longo de anos de trabalho, o poder que esta metodologia possui para impactar a relação entre pessoas assim como quando utilizada como ferramenta na educação e/ou para o uso de desenvolvimento territorial foi o que levou o Museu da Pessoa a sistematizar suas práticas para transformá-las no que se definiu uma “tecnologia social de memória”. Esta tecnologia está hoje sistematizada em inúmeras publicações nacionais e internacionais e vem sendo aplicada e multiplicada por professores, lideranças comunitárias e profissionais da memória dentro e fora do país.

Foto: Curso de contação de histórias.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MEDSÊNIOR INAUGURA OPERAÇÃO EM CAMPINAS COM INVESTIMENTO INICIAL DE R$ 10 MILHÕES

Com investimento de R$ 10 milhões e com atuação em seis estados (Espírito Santo, Minas …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn