VEZZI LAPOLLA MESQUITA ADVOGADOS IMPLEMENTA CÉLULA DE CONCILIAÇÃO E REDUZ TEMPO DE PROCESSOS

Todos os dias milhares de processos chegam à Justiça. Muitos sem previsão de solução e que abarrotam o Judiciário, causando prejuízo para as empresas e consumidores. Dados da Secretaria Nacional do Consumidor apontam que quase 30% dos mais de 100 milhões de processos judiciais no Brasil têm origem no direito do consumidor.Thiago_Vezzi

Diante deste cenário, o Vezzi Lapolla Mesquita Advogados, escritório de advocacia da capital paulista, implementou, em 2016, uma célula de conciliação para agilizar os processos de seus clientes da área de contencioso. Os processos dessa área correspondem a 20% do montante do escritório.

A célula de conciliação é uma alternativa de solução extrajudicial, que reduz, significativamente, o tempo de duração de um processo.O trabalho consiste na identificação dos processos na fase de distribuição e contato imediato com o consumidor. “Como nessa etapa as informações são públicas, localizamos os processos e já iniciamos o contato entre a empresa e o consumidor para a realização da mediação”, diz Thiago Vezzi, advogado e sócio do Vezzi Lapolla Mesquita Advogados. “Os resultados são impressionantes, pois com o uso da célula de conciliação o tempo de um processo contencioso diminui de 12/14 meses para uma média de 21 dias. Esse bom desempenho consolida a célula de conciliação como facilitador de acordos e uma grande aliada para a resolução de processos, que deixam de congestionar o judiciário”, explica Vezzi.

Desde que foi implementada, há um ano, mais de 2.500 processos foram solucionados com a ajuda da célula de conciliação, que vem se consolidando como alternativa para reduzir, não só o tempo, mas também os custos dos processos em tramitação. Para as empresas o uso da célula também é vantajoso, uma vez que o desgaste com o consumidor é minimizado, com ganhos para a imagem e reputação da companhia.

O Vezzi Lapolla Mesquita Advogados é um dos únicos escritórios de advocacia a contar com um célula de conciliação totalmente implementada e em funcionamento ativo. Dos mais de 80 advogados que atuam no escritório, mais de 15 são dedicados ao trabalho exclusivo na célula.

Atualmente, o escritório consegue utilizar a célula de conciliação entre 30% e 40% dos novos casos de clientes que chegariam à justiça, gerando economia de tempo e dinheiro para todos os envolvidos.“Enxergamos a célula de conciliação como ferramenta estratégica e altamente eficiente para resolução de processos”, completa o advogado.

Além da área de contencioso de consumo, no Vezzi Lapolla Mesquita Advogados a célula de conciliação também vem sendo utilizada, de forma bem sucedida, em diversos processos da área trabalhista.

A célula é muito utilizada não apenas para casos novos, mas também para processos em andamento, especialmente após a prolação da sentença ou mesmo antes do início da execução.

O Vezzi Lapolla Mesquita Advogados é um escritório de advocacia com atuação abrangentee composto por uma equipe com mais de 120 profissionais. Localizado na Av. Paulista, em São Paulo, e atuação em todo o país, tem como objetivo atender todas as necessidades de seus clientes, nacionais e internacionais, sempre com excelência no atendimento. Liderado pelos advogados Thiago Vezzi, Marcelo Lapolla e Thiago

Mesquita, reúne uma expertise única em áreas como civil e contencioso, compliance, M&A, concorrencial, consumidor, contratual, tributário e trabalhista. Com soluções jurídicas personalizadas às diferentes demandas, o escritório busca criar e fortalecer parcerias e gerar oportunidades de negócios. Entre os segmentos atendidos, destacam-se áreas como varejo, seguros, bancos, indústrias automobilística e alimentícia, companhias aéreas e operadoras de saúde.

Foto: Thiago Vezzi, advogado e sócio do Vezzi Lapolla Mesquita Advogados.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MERCADO DE CHOCOLATES FICA AQUECIDO COM PROXIMIDADE DA PÁSCOA

A Páscoa desse ano será celebrada no dia 31 de março. Como de costume, as famílias …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn