AUTORIDADES E EXECUTIVOS ABORDAM MARCO REGULATÓRIO E PERSPECTIVAS PARA 2017

Cerca de 170 pessoas, entre autoridades e empresários participaram na noite da última quinta-feira (06/04), na Sede Administrativa do laboratório 5 encontro_DSC0103EMS  do “V encontro de dirigentes de empresas de grande porte de Hortolândia e Região”. Na ocasião do evento, organizado pela Elus Ambiental, foram apresentadas as inovações trazidas pela nova lei, que altera o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC) e perspectivas econômicas para o ano de 2017.

Dimas Correa Pádua, secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade, citou que o modelo de desenvolvimento trazido pelo prefeito, Angelo Perugini (PDT) e sua equipe foi estratégico para a chegada da Dell e mais de 300 empresas na cidade. “Hortolândia antes era conhecida por sua violência, falta de saneamento básico e poucos postos de trabalho. Hoje é sede de várias corporações que acreditaram num modelo de gestão da cidade e são hoje responsáveis pela geração de empregos”, conclui Dimas.

O diretor de oper5 encontro_DSC0090ações da Dell, Claudionor Silva, ressaltou as características de mercado e capacidade instalada de Hortolândia. “Estamos aqui e queremos participar de projetos que alavanquem o desenvolvimento econômico da cidade porque acreditamos no seu potencial”, citou o diretor.

O Dr. Everton Silva Maldonado fez uma palestra sobre as inovações trazidas pela nova lei, que altera o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC). Entre elas, está a revogação da Lei nº 91 de 1935, que tratava dos títulos de Utilidade Pública Federal (UPF). Tal medida visa estender a todas as organizações sem fins lucrativos os benefícios previstos em lei, independentemente da exigência5 encontro_DSC0058 de cumprir requisitos formais e burocráticos para certificação e titulação de UPF. Assim, irá universalizar o acesso aos benefícios previstos em lei a todas as entidades que cumpram alguns requisitos, independentemente de certificação. Isso vai desburocratizar o processo e contribuir para uma nova lógica de interações entre Estado
e sociedade civil.

Os especialistas Carlos Calvanti e Flávio Silveira apresentaram em sua palestra um cenário um pouco mais promissor para a economia Brasileira mesmo com o recuo do PIB.  A relação juros X inflação agora são importantes fatores de crescimento. Algumas áreas já estão mostrando alguma movimentação, por exemplo, as vendas do varejo.

O evento foi organizado pela ELUS Gestão Ambiental, que é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e atua há mais de 10 anos com parcerias e projetos sócio ambientais em diversos setores, com grandes empresas e prefeituras do Estado de São Paulo. Entretanto, trata-se de uma instituição devidamente certificada junto ao Ministério da Justiça, premiada com o Prêmio RAC em 2014 de Responsabilidade sócio ambiental.

Fotos 1 a 3 – Palestras realizadas durante o 5º Encontro de dirigentes de empresas de grande porte de Hortolândia e Região.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ACIAS RECEBE COM ALÍVIO ANÚNCIO DA REABERTURA DAS ATIVIDADES COMERCIAIS

A Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré) recebeu com alívio o anúncio da …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn