HORTOLÂNDIA REALIZA 20° DEBATE SOBRE TRÂNSITO E TRANSPORTE COLETIVO

A Prefeitura de Hortolândia (SP) realiza, desde meados de março deste ano, a 1ª rodada de plenárias da mobilidade urbana. Nesta terça-feira (09/05), o debate será no Jd. Mirante, região do Jd. Santa Clara do Lago. A 20ª reunião com a comunidade será na Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Jd. Santa Clara do Lago I, localizada na Rua Primeiro de Maio,15.Plenárias Mobilidade IMG_4086

O objetivo da Administração com o evento é levantar sugestões, dúvidas e críticas de toda a comunidade sobre trânsito e transporte no município. Os participantes podem também preencher a pesquisa que a Secretaria de Mobilidade Urbana faz sobre o tema para verificar aspectos como qualidade do serviço, mobilidade urbana e qualidade de vida, falhas do sistema viário e como resolvê-las, dentre outros itens.

Ao todo, a Prefeitura promoverá 22 plenárias sobre mobilidade urbana entre os meses de março e maio. A reunião para moradores do Jd. Santa Esmeralda foi reagendada para o dia 16 deste mês.

Entre os pontos centrais a serem debatidos estão: a reestruturação do transporte coletivo urbano; tornar Hortolândia referência em segurança viária; e transformar o município em uma cidade “ciclável”, ou seja, em que as pessoas possam se deslocar de bicicleta com segurança e conforto.

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, o prefeito Angelo Perugini quer que a população participe da reestruturação do sistema de transporte e das ações na área da mobilidade. “Ouvir a população é essencial para projetar a rede de transportes e planejar nosso trabalho. Afinal, se o transporte é coletivo, precisamos ouvir o coletivo. Precisamos deste direcionamento para implantar um sistema que atenda às necessidades e aos anseios da comunidade”, esclarece Pereira.

Foto: Plenárias da Mobilidade Urbana.

Crédito: Reginaldo Prado.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ESCASSEZ DE MÃO DE OBRA QUALIFICADA DEVE ACELERAR INDUSTRIALIZAÇÃO DA CONSTRUÇÃO

A escassez de mão de obra qualificada deverá persistir e acelerar em alguma medida a …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn