INDÚSTRIA DA REGIÃO DE CAMPINAS TEM EM JULHO 400 CONTRATAÇÕES

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) regional Campinas registrou saldo positivo de empregos no mês de julho. Foram 400 postos de trabalho gerados. No acumulado do ano, de janeiro a julho, o número é negativo e foram fechadas 2.25 mil vagas.

Para o diretor em exercício do Ciesp-Campinas, José Henrique Toledo Corrêa, a expectativa da indústria regional é que o segundo semestre mantenha essa tendência positiva na geração de empregos, verificada no mês de julho. “Os indicadores apontam para uma melhora no cenário interno. A Reforma da Previdência aprovada pelo Senado e o andamento da Reforma Tributária, muito importante para o setor produtivo, poderão ajudar na retomada do mercado, que será lenta, mas precisa começar. Aliado a isso, sabemos que sazonalmente, o segundo semestre é sempre mais positivo e esperamos que essa tendência se concretize”, explica.

Na Pesquisa de Sondagem Industrial do Ciesp-Campinas, 54,05% dos respondentes afirmaram que a modernização das Normas Reguladoras, em especial a alteração da NR 12, sinaliza uma mudança de postura do estado brasileiro rumo à desoneração e maior competitividade do setor industrial.  As Normas Reguladoras dispõem sobre a segurança na operação de máquinas e equipamentos. Antiga reivindicação do setor industrial, no dia 29 de julho em Brasília, na presença de representantes da Fiesp e Ciesp, o Governo Federal assinou decretos que modernizaram as NRs.

A sondagem apontou ainda que o faturamento das empresas no mês de julho registrou aumento em relação a junho para 51,35% dos respondentes. Para 27,03% ficou estável e para 21,62% diminuiu.

O nível de capacidade instalada de produção na faixa entre 50,1% e 70% foi utilizada 45,95% dos respondentes. Na faixa entre 70,1% e 80%, foi utilizada 29,73%. Na faixa entre 80,1% e 100%, foram 13,51% e na faixa de 0% e 50%, 10,81%..

Com relação aos investimentos em ampliação da capacidade produtiva para os próximos 12 meses, 59,46% não irá investir. Já 21,62% irá atualizar o maquinário existente e apenas 18,92%  irá ampliar o número de máquinas.

No período de janeiro a julho de 2019, as indústrias da região de Campinas registraram um volume acumulado de exportações de US$ 1,938 bilhão.  As importações da região no mesmo período foram de US$ 6,280 bilhões. As exportações no mês de julho foram de US$ 308,88 milhões e as importações US$ 1,087 bilhão.

 

Foto: Diretor em exercício do Ciesp Campinas, José Henrique Toledo Corrêa.

Crédito: Roncon & Graça Comunicações

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ASPEN PHARMA RECICLA MAIS DE 100 MIL KG DE EMBALAGENS ATRAVÉS DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL DO LEITE DE MAGNÉSIA DE PHILLIPS EM 2019

Pensando em solucionar o destino final das embalagens do tradicional Leite de Magnésia de Phillips, …

Facebook
Twitter
LinkedIn