RMC PERDE 34.945 POSTOS DE TRABALHO NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2020

Em junho, foram eliminados 2.325 postos de trabalho com carteira assinada na Região Metropolitana de Campinas. Em Campinas, no mesmo mês, foram 1.395 postos a menos. A avaliação é da Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC), a partir de dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

No acumulado do ano, de janeiro a junho, foram eliminados 34.945 postos de trabalho na RMC e, em Campinas, 15.894. Campinas representa 45,5% do total dos postos eliminados na RMC. “Destaca-se que a maioria dos postos de trabalho eliminados foram no setor de Serviços, seguido pelo setor do Comércio e, por fim, pela Indústria. Os atuais números continuam preocupantes, com uma forte tendência para as demissões, o que contribui para a elevada taxa de desemprego, que deve chegar acima de 12,9% na RMC.”, afirma o economista da ACIC, Laerte Martins.

Em nível nacional, foram eliminados 10.984 postos de trabalho em junho. De janeiro a junho, o total foi de 1.155.101 postos de trabalho eliminados.

 

Foto: Economista da ACIC, Laerte Martins.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

RISCOS AMBIENTAIS SÃO RISCOS FINANCEIROS

ARTIGO DA ADVOGADA RENATA FRANCO As questões ambientais compreendem inúmeros pontos que normalmente não fazem …

Facebook
Twitter
LinkedIn