VIRACOPOS REALIZA EXERCÍCIO SIMULADO PARA TREINAR EQUIPES EM RETOMADA OPERACIONAL DO AEROPORTO APÓS POSSÍVEL INTERDIÇÃO DE PISTA

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, administradora do Aeroportos Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), realizou nesta quarta-feira (16/08) um exercício simulado para treinar equipes do aeroporto, órgãos públicos e companhias aéreas sobre uma possível interdição da pista de pousos e decolagens em razão de suposto incidente ocorrido com aeronave.

O “Projeto Retomada Operacional” além de suma importância à retomada da operação aeroportuária, foi realizado em atendimento à legislação vigente e por determinação da ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil).

O simulado foi concebido com intuito de desenvolver, em conjunto com os principais elos dos sistemas de aviação civil brasileiro, orientações técnicas para subsidiar “o processo decisório de retomada das condições operacionais mínimas de uma pista em situações de contingência, devido a interdição parcial em virtude de um incidente/acidente aeronáutico ocorrido na pista de pouso e decolagem ou em suas imediações”.

O treinamento foi realizado no formato de Exercício Simulado de Mesa (Tabletop), ou seja, não houve interdição real da pista de pousos e decolagens durante o teste para que a as operações do aeroporto não fossem interrompidas. O objetivo foi identificar necessidades técnico-operacionais no âmbito do tema “remoção de aeronaves” e a retomada operacional do aeroporto em caso de interdição.

Participaram diretamente do simulado a Central de Acionamento e Monitoramento Eletrônico de Segurança (CAMES); Centro de Operações de Emergência e Gerenciamento de Crise (COE-CGC); Supervisor Aeroportuário; Serviço de Salvamento e Combate à Incêndio (SESCINC); Equipe oficial Recovery Team Viracopos; Centro de Operações Aeroportuárias (COA); Coordenação de Operações Lado Terra; Coordenação de Operações Lado Ar; Gerência de Manutenção; Gerência de Operações; Gerencia de SGSO; Gerência de Operações de Carga; Assessoria de Imprensa ABV e Assessoria Jurídica do aeroporto.

Também participaram como convidados e observadores: Azul Linhas Aéreas Brasileiras S.A; Gol Linhas Aéreas Inteligentes S.A; ANAC/NURAC; NAV Brasil Serviços de Navegação Aérea (TWR); além de DECEA; CRCEA (Regional DECEA); CENIPA/SERIPA e CGNA.

Cenário

O cenário de Emergência Aeroportuária simulou que, ao pousar pela cabeceira 15 do aeroporto (oposta à rodovia santos Dumont) uma aeronave da Azul modelo ATR-72, teve seu trem de pouso principal direito colapsado ao tocar na pista, ocasionando dano no pavimento por aproximadamente 700 metros.

Mapeamento

Nos próximos dias, será realizado um relatório à ANAC para mapear e registrar as oportunidades de melhoria para a atualização das documentações e planos do Sistema de Resposta à Emergência Aeroportuária (SREA) de Viracopos. O relatório será enviado à Agência para registrar as oportunidades de melhorias e as lições aprendidas.

 

Foto: Projeto Retomada Operacional.

Crédito: Divulgação.

 

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO O CIDADÃO PODE SE PROTEGER DAS FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza aos cidadãos o Sistema de Alerta de Desinformação …

Facebook
Twitter
LinkedIn