EMPREENDEDOR DESENVOLVE PROGRAMAS DE MENTORIA COM FOCO EM INFRATECH PARA O BID NA AMÉRICA LATINA E CARIBE

Com o apoio do  Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o mentor do projeto Hackathon Infratech e empreendedor Gustavo Lintz está implementando um programa de capacitação e mentoria para o setor de Infratech com foco em empreendedorismo, inovação e desenvolvimento de pequenas e médias empresas (PMEs), para a  América Latina e no Caribe.

O objetivo, segundo Lintz, é o desenvolvimento de questões ligadas ao empreendedorismo e  infraestrutura, principalmente como liderança e boa comunicação. O intuito da parceria é promover o desenvolvimento da Infratech nos países latino-americanos e região caribenha, especialmente no que diz respeito a um futuro mais sustentável no setor de transportes, mobilidade urbana e educação, ressalta o empreendedor

Como forma de implementar suas ações inovadoras, Gustavo Lintz explica que o programa irá mapear e identificar potenciais pequenas e médias empresas (PMEs), startups e desenvolvedores individuais com potencial para se envolverem em um caso piloto de Infratech na América Latina. Para tal, propõe desenvolver um programa de treinamento/mentoria em Infratech com foco em empreendedorismo de PMEs a ser implantado online na América Latina, com conteúdo em português e espanhol, ressalta o consultor.

Também serão realizadas uma série de eventos presenciais em Campinas (SP) e online, como hackathons e webinars, para conscientizar e envolver empreendedores e profissionais da região da América Latina e do Caribe no setor de  Infratech. Gustavo cita que, além disso, também será disponibilizado para os participantes um espaço FIGITAL (físico e digital), a partir do qual serão realizados encontros em espaços físicos  para captação e preparação de projetos, treinamentos e workshops.

O projeto de mentoria conta ainda com um grupo de trabalho formado por especialistas, avaliadores e líderes de projetos na área da Infratech, que serão responsáveis pela realização de cursos e treinamentos práticos de  comportamento empreendedor para geração de projetos, apps, softwares, soluções e serviços ligados à Infratech.

O consultor afirma que o programa tem como meta a formação de um  “Corredor Global de Inovação”, no qual grupos, organizações, incubadoras e aceleradoras de startups e empresas, que fazem ou desenvolvem os mesmos temas, assuntos ou serviços, possam se unir como impulsionadores do desenvolvimento regional e, assim, impactar significativamente no progresso dessas regiões do globo, explica o consultor e idealizador do programa.

Gustavo Lintz ressalta que em um mundo onde a tecnologia tem cada vez mais provocado profundas mudanças na forma como os indivíduos veem, interpretam e agem cotidianamente, a conectividade entre os diversos setores e serviços prestados à sociedade se configura como uma demanda não somente fundamental para as futuras gerações, mas sobretudo como uma área significativamente promissora para aqueles que investem e se interessam pelo crescimento do mercado digital.

Desse modo,  utilizando meios tecnológicos disponíveis em países da América Latina e Caribe,  o programa tem foco no aprimoramento do setor de prestação de serviços e criação de projetos, incluindo o setor público, principalmente com governos, empresas mistas, setor privado e também as parcerias público privadas (PPP), explica o idealizador do programa.

O programa é desenvolvido em seis grandes eixos envolvendo mecanismos para criação de startups; treinamentos/mentorias/cursos; mapeamento de profissionais e empresas do setor Infratech; publicação de necessidades e desafios do setor e publicação de resultados, sendo estes organizados em seis módulos: Pessoas e Empreendedorismo; Processos; Projetos; Produtos e serviços; Infratech e Transporte.

 

Foto: Mentor do projeto Hackathon Infratech e empreendedor Gustavo Lintz.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

AWARE INVESTMENTS INICIA PLANO DE EXPANSÃO REGIONAL E PREVÊ CHEGAR A R$ 20 BI SOB GESTÃO

O ano de 2024 tem tudo para ser bastante promissor para a Aware Investments. O …

Facebook
Twitter
LinkedIn