MICROFRANQUIAS CRESCEM COMO OPÇÃO PARA AUMENTAR A RENDA

O franchising brasileiro tem apresentado resiliência e se destacado no mercado, especialmente as microfranquias, que oferecem um modelo de investimento e operação mais enxuto. De acordo com o último balanço divulgado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor registrou um crescimento de 49% das microfranquias, o que impactou significativamente o faturamento do franchising, que ultrapassou os R$ 210 bilhões em 2022.

As microfranquias possuem um investimento inicial de até R$ 105 mil e geralmente têm estrutura mais simples, como quiosques, unidades móveis, home based, onde o franqueado trabalha em casa, sem um ponto físico, e as franquias no modelo dark kitchens, onde o franqueado aluga uma cozinha que atende somente pedidos no delivery e/ou balcão. Além disso, a maioria dos microfranqueados podem gerenciar toda a operação sozinho ou com poucos colaboradores, o que torna a manutenção da unidade mais barata. “Podemos atribuir o sucesso das microfranquias ao fato de ser um modelo de negócios de investimento mais baixo, onde mais pessoas conseguem dispor do valor inicial e, por conta disso, conseguem vender suas operações em um volume maior. É evidente que esse modelo de baixo investimento terá vida longa, até porque esse ciclo é retroalimentado à medida que elas se multiplicam. Outras franqueadoras começam a aderir ao modelo de microfranquias, e empresas que ainda nem utilizavam o franchising como estratégia de expansão, passam a incluir o sistema nos seus planos de crescimento”, explica o especialista em franchising, consultor associado à ABF, consultor de franquias credenciado pelo Sebrae e administrador pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Mestre em Engenharia Industrial pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Erlon Labatut.

Existem microfranquias no mercado em variados ramos de atividades e para investimentos diversificados atendendo à capacidade financeira do futuro microfranqueado, entre alguns exemplos estão a Cuidare Brasil, uma das principais redes de cuidadores de pessoas do país, especializada em cuidados domiciliares. Contando com profissionais altamente qualificados e treinados, a marca oferece serviços especializados para pessoas de todas as idades, incluindo crianças, idosos, convalescentes e pacientes no período pós-operatório.  O investimento inicial varia entre R$ 35 mil e R$ 50 mil (dependendo do tamanho da cidade). Estão compostos nesse valor a taxa de franquia, material gráfico/marketing e treinamentos. O prazo de retorno do investimento é de 12 a 18 meses, com faturamento médio mensal de R$ 54 mil a R$ 180 mil.

A Código Kid é uma escola brasileira de programação e robótica para crianças e adolescentes. Pioneiros no segmento, possuem cursos exclusivos desenvolvidos por profissionais da área pedagógica e da tecnologia, a fim de formar crianças preparadas e capacitadas para os desafios do futuro. O investimento inicial total convencional (e o que compõe o valor) é de aproximadamente R$ 30 mil (envolvendo taxa da franquia, estruturação do ponto, compra de maquinários, móveis, adaptação do ponto e capital de giro). O faturamento médio mensal é de R$ 80 mil. O retorno do investimento é em média de 8 meses.

A Conserta bike é uma rede de franquias de bikeshop da América Latina. A marca oferece serviços completos de manutenção de bicicletas a um baixo custo, venda de peças, bicicletas de todos os tipos, acessórios e vestuário especializados, com suporte completo em todas as atividades e treinamentos para os franqueados. O investimento inicial total convencional (e o que compõe o valor) é de aproximadamente R$ 40 mil envolvendo a taxa de franquia, estimativa de reforma e adequação do ponto comercial, móveis, estoque de peças, bicicletas, acessórios, vestuário e ferramentas. O faturamento médio mensal é de R$ 60 mil e o retorno do investimento varia de 8 a 10 meses.

 

 

Foto 1 – Especialista em franchising, consultor associado à ABF, consultor de franquias credenciado pelo Sebrae Erlon Labatut.

Crédito: Divulgação.

Foto 2 – Cuidare Brasil.

Crédito: Giovanna Hackradt.

Foto 3 – Fachada Código Kid

Crédito: Divulgação

Foto 4 – CEO da Conserta bike, Ricardo Hussein.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO O CIDADÃO PODE SE PROTEGER DAS FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza aos cidadãos o Sistema de Alerta de Desinformação …

Facebook
Twitter
LinkedIn