PRESIDENTE DA REDE IMOBILIÁRIA CAMPINAS FAZ BALANÇO DE 10 ANOS E ANALISA O MERCADO REGIONAL

ARTIGO DE RODRIGO COELHO DE SOUZA

Rodrigo_Coelho_Souza_crédito_Roncon&Graça Comunicações

A Rede Imobiliária Campinas (SP) comemora uma década de sua fundação neste mês de agosto. Foram dez anos de intenso trabalho voltado para o segmento imobiliário de Campinas e região, sempre com o intuito de contribuir para um mercado mais ético e qualificado.

A entidade implementou nesse período, o conceito de exclusividade compartilhada. Uma forma mais ágil, inteligente e segura de comercialização de imóveis, pela qual os proprietários podem vender e alugar seus imóveis, utilizando a força das associadas da Rede Campinas, que hoje conta com mais de 700 corretores parceiros, que atuam, preponderantemente, no segmento de médio e alto padrão.

Desde o início de suas atividades, a Rede Imobiliária Campinas investiu em um programa de educação continuada para as empresas parceiras e seus corretores associados, através do qual mais de 1.000 corretores já receberam importantes ferramentas para aperfeiçoamento e excelência profissional.

Vivenciamos o auge do mercado imobiliário entre os anos de 2009 e início de 2014, período em que o trinômio economia, emprego e crédito, impulsionaram o setor de forma vigorosa. Essa tríade, porém, começou a ruir em face dos descalabros econômicos e dos sucessivos escândalos de corrupção protagonizados pelo governo federal, que está prestes a ser definitivamente defenestrado do poder.

Atravessamos talvez uma das piores e mais longevas crises políticas e econômicas da história, que parece felizmente caminhar para o fim, e que afetou justamente o tripé que sustentava o crescimento de nosso mercado. A economia combalida, o desemprego e a alta dos juros estagnaram o País e o jogaram em uma profunda recessão.

Ao que tudo indica o segundo semestre de 2016 se caracterizará pela inflexão da curva econômica, com a gradual retomada do crescimento, caso as necessárias e impostergáveis medidas políticas sejam aprovadas pelo Congresso Nacional, como por exemplo, a reforma previdenciária.

Vivemos o momento do comprador. A estabilização dos preços dos imóveis, combinada com o alto estoque das grandes incorporadoras cria no mercado oportunidades fantásticas, seja pela flexibilização nos preços e na forma de pagamento, ou pela possibilidade de permutas. No caso dos imóveis novos, encontram-se descontos reais que podem chegar a 20% do preço ou mais. Sem dúvida o momento é propício para quem deseja adquirir ou locar um imóvel. Porém, como o mercado é cíclico e os indicadores econômicos começam a dar sinais de reação, acreditamos que este cenário sofra alterações até o final do ano e os preços voltem a se recuperar.

O mercado imobiliário brasileiro ainda tem muito a evoluir e a crescer, seja pelo grande déficit habitacional, pelo crescimento vegetativo, ou pela perene formação e dissolução de núcleos familiares. A moradia, portanto, é e sempre será uma necessidade básica.

A Rede Imobiliária Campinas está pronta para os desafios da próxima década. A entidade espera que o Poder Público possa fazer o que dele se espera: fomentar o crescimento econômico do País, fazendo valer a frase que estampa nossa bandeira nacional.

 

Rodrigo Coelho de Souza é presidente da Rede Imobiliária Campinas. E-mail: [email protected]

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS GANHA SALA VIP NO TERMINAL DE PASSAGEIROS

A AMBAAR Lounge, em parceria com a Airport Dimensions, abriu nesta quarta-feira (01/12) o primeiro …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn