SÃO PAULO ENTREGA DOSSIÊ DE CANDIDATURA DA EXPO 2020

O Comitê
São Paulo Expo 2020, representado pelo secretário-executivo Carlos Kendi
Fukuhara, entregou, nesta segunda-feira (3/12), ao Birô Internacional de
Exposições (BIE), dossiê da candidatura da cidade de São Paulo à sede da Expo
2020. O documento contempla todos os itens e requisitos estabelecidos pelo BIE
para a candidatura de São Paulo e cartas de apoio das principais entidades da
sociedade civil brasileira.

Além do
dossiê também foi entregue o masterplan do projeto arquitetônico desenvolvido
para o terreno de 5 milhões de m² em Pirituba. Os dois documentos foram
entregues pelo Comitê São Paulo Expo2020 na sede do Bureau Internacional de
Exposições com a presença do embaixador brasileiro em Paris, José Maurício
Bustani (representando o Governo Federal) e de Nivaldo Tetti, representando a
sociedade civil como membro da ABDIB (Associação Brasileira de Infraestrutura).

Os
documentos foram recebidos oficialmente pelo secretário-geral do BIE, Vicente
Loscertales. A entrega do documento completa o calendário da candidatura de São
Paulo, em 2012, que teve como ponto alto a apresentação do projeto, no último
dia 22 de novembro, com a presença do prefeito Gilberto Kassab, do prefeito
eleito Fernando Haddad, além de outras autoridades estaduais e federais que
integraram a comitiva em defesa de São Paulo como sede do evento.

O dossiê
São Paulo Expo 2020 destaca as condições de infraestrutura, estimativa de
investimentos, preço dos ingressos, a expertise do Brasil adquirida com a
realização da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016 e os
diferenciais e atrativos da cidade para se tornar a cidade-sede da Expo.

São Paulo
defendeu sua candidatura ao evento com o tema “Força da Diversidade e Harmonia
para o Crescimento”, que reflete claramente o objetivo de trazer para a cidade
projetos de inovação, sustentabilidade e novas tecnologias, além de mostrar a
diversidade étnica e cultural de São Paulo.

Caso a
cidade vença a disputa em andamento, a Expo São Paulo 2020 será realizada em
Pirituba, em um terreno já definido, de 5 milhões de metros quadrados. O
terreno que abrigará a Expo 2020 e o futuro Centro de Exposições já foi
declarado área de utilidade pública para desapropriação. A previsão é que o
evento ocorra entre 15 de maio e 15 de novembro de 2020, com um público de
cerca de 30 milhões de visitantes do Brasil e do Exterior, durante os seis
meses de sua duração. O projeto da Expo 2020 prevê uma série de melhorias em
relação à mobilidade urbana, com a previsão de novas estações de metrô, CPTM e
alças de acesso rodoviário ao local.
São Paulo é o principal destino
do turismo de negócios no Brasil. Tem 72% do mercado de feira de negócios, ou
120 dos 160 eventos do gênero, que acontecem no país durante o ano. Circulam
pelos eventos, na cidade, mais de 4 milhões de pessoas gerando uma receita
anual de R$ 3,4 bilhões.

Foto 1 – Embaixador
José Maurício Bustani, secretário-executivo do Comitê São Paulo Expo 2020,
Carlos Kendi Fukuhara, Nivaldo Tetti, representando a ABDID, e o
secretário-geral do BIE, Vicente Losertales

Foto 2 – Comitê
de candidatura São Paulo Expo entrega dossiê ao BIE

Crédito Divulgação
 
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

GALLERIA SHOPPING RECEBE PRIMEIRA LOJA EXCLUSIVA COTTON ON KIDS DO PAÍS

O Galleria Shopping acaba de receber a primeira loja exclusiva no país da Cotton On …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn