TECNOLOGIA APLICADA ÀS MÁQUINAS DE CARTÕES PERMITE MAIOR GIRO DE MESAS NOS RESTAURANTES

As empresas do setor de food service buscam, cada vez mais, investir em ferramentas que proporcionem boas experiências para os clientes. A digitalização da gestão dos restaurantes, que já era tendência, se tornou crucial e decisiva para o sucesso de qualquer negócio. Hoje, muitos estabelecimentos oferecem tecnologia de última geração com o objetivo de aumentar a produtividade dos funcionários, melhorar os processos, além de proporcionar um atendimento personalizado, rápido e eficiente para os clientes.

Uma nova tecnologia disponível no mercado recentemente é a transformação da maquininha de cartão de crédito em um caixa completo! Com essa funcionalidade, é possível realizar pedidos, fechar a conta e fazer pagamentos, tudo isso em um único aparelho. Como resultado, o estabelecimento tem um maior aumento do giro de mesas e crescimento no faturamento. A XMenu, por exemplo, uma startup especializada no desenvolvimento de soluções para automação comercial, oferece essa tecnologia que permite agilizar significativamente todo o processo de atendimento, ganhando tempo para outros clientes se sentarem e fazerem mais pedidos. “O giro de mesas é o número de pessoas que efetuam compras num determinado período em uma mesma mesa do restaurante. Quanto mais pessoas passarem pela mesa, em determinado período de tempo, maior será o faturamento do estabelecimento ao final do dia. O tempo é finito e o espaço também, então é muito importante perceber se os clientes estão passando tempo demais em determinado restaurante sem consumir e se a causa disso é a demora no atendimento, porque quanto mais rápido e eficiente é o atendimento mais pessoas o estabelecimento vai atender e, com isso, terá mais lucro”, afirma Vanderlin Fiocchi, Diretor Comercial da XMenu.

Vanderlin explica que com essa nova tecnologia, a “POS PDV Mobile”, tudo fica muito mais ágil e eficiente. O cliente pede a conta para o atendente que já imprime o documento para conferência no mesmo instante. O cliente faz o pagamento, imprime o cupom fiscal na hora e a mesa já está liberada.

Ainda de acordo com o especialista, algumas ações podem ser executadas para aumentar o giro de mesa, são elas: O garçom deve sempre levar a maquininha de cartão quando entregar a conta ao cliente, assim o pagamento e a mesa são fechados com agilidade; o atendente deve sempre estar disponível em todos os setores do restaurante para que o pedido ou a conta sejam feitos com mais rapidez; uma boa organização de hosts (recepção) é essencial e deve haver sempre uma boa comunicação com o salão; a limpeza e preparação da mesa deve ser feita de forma ágil e a disponibilização de tablets ou QRCode nas mesas para que os clientes façam um auto atendimento.

 

Foto: Vanderlin Fiocchi, Diretor Comercial da XMenu.

Crédito: Divulgação

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

IBEF CAMPINAS REALIZA A CERIMÔNIA DE ENTREGA DO PRÊMIO EQUILIBRISTA COM JANTAR DANÇANTE

Depois de dois anos por conta da pandemia de covid-19, o IBEF (Instituto Brasileiro de …

Facebook
Twitter
LinkedIn