USINA VERDE DE COMPOSTAGEM DE CAMPINAS PODE SERVIR DE MODELO PARA RIBEIRÃO PRETO

O prefeito de Ribeirão Preto (SP), Duarte Nogueira, esteve nesta terça-feira (06/07) na Usina Verde de Compostagem de Campinas, que fica na Fazenda Santa Elisa, área do Instituto Agronômico de Campinas (IAC). É a primeira usina pública de compostagem, nesses moldes, no Brasil. Ele foi recebido pelo prefeito de Campinas (SP), Dário Saadi e pelo secretário de Serviços Públicos de Campinas, Ernesto Paulella, que explicou detalhes técnicos do funcionamento, destacando a importância da usina. “O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, veio aqui conhecer de perto a Usina Verde de Compostagem de Campinas e pensa em levar este modelo para a cidade de Ribeirão. A Usina Verde faz a compostagem com galharia, restos de poda de árvores e lodo de esgoto da Sanasa”, disse o prefeito, Dário Saadi. Ele acrescentou que, em breve, a usina receberá também resíduos da Ceasa, e que o equipamento já está preparado para essa próxima fase.

A usina produz adubo orgânico a partir de lodo de esgoto da Sanasa. Também utiliza galharia e restos de poda enviados pelo Departamento de Parques e Jardins (DPJ) e, em pouco tempo, acrescentará ao material sobras de frutas e verduras vindas da Ceasa.

O projeto da usina foi elaborado pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e o funcionamento tem a parceria da Sanasa, Ceasa (Centrais de Abastecimento de Campinas) e IAC (Instituto Agronômico de Campinas). A usina ocupa uma área de 17 hectares dentro da Fazenda Santa Elisa, do IAC, onde fica a sede da secretaria de Serviços Públicos.

Economia de R$ 2 milhões mensais

O IAC é o responsável por medir a fertilidade do adubo e certificar a qualidade. Com capacidade para transformar até 300 toneladas por dia de resíduos em adubo, a usina está funcionando, atualmente, com capacidade de 100 toneladas por dia.

O trabalho da usina gera uma economia de R$ 2 milhões por mês para a Prefeitura. Isso é possível porque o material que seria destinado ao aterro sanitário é reaproveitado.

Também acompanharam a visita os secretários municipais de Ribeirão Preto de Infraestrutura, Carlos Eduardo Nascimento Alencastre; de Meio Ambiente, Catherine D´Andrea, e o superintendente do Departamento de Água e Esgoto, Antonio Carlos Oliveira.

O grupo contou ainda com o secretário-executivo da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, Francisco Matturro e o assessor técnico da Secretaria de Agricultura do Estado, Orlando Melo de Castro, entre outros.

 

Foto 1 – Visita do Prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, à Usina Verde de Compostagem de Campinas.

Fotos 2 e 3 – Usina Verde de Compostagem de Campinas.

Crédito: Eduardo Lopes/PMC

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CROWDFUNDING IMPULSIONA MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR DE SÃO PAULO

O setor imobiliário colhe bons resultados com o crowdfunding. Tendência no mercado, esta forma de …

Facebook
Twitter
LinkedIn