COMO APROVEITAR A BLACK FRIDAY DE FORMA SUSTENTÁVEL?

As promoções que surgem no período da Black Friday são algumas das mais aguardadas do ano todo. Mas, mesmo com toda a empolgação, é preciso pensar no futuro também. É a partir deste contexto que surge o conceito de “Green Friday”. Isto é, uma forma de aproveitar a Black Friday de maneira ecológica e sustentável.

A Black Friday surgiu em meados dos anos 60, como um período completamente destinado a compras mais baratas, antecedendo justamente o final do ano. A popularização foi tanta ao redor do mundo que grandes marcas se preparam o ano todo para este período, tal qual os consumidores.

Mas, como uma forma de se “contrapor” e tornar este incentivo ao consumo mais consciente, o termo “Green Friday” está se tornando cada vez mais presente, muitas vezes até mesmo como uma estratégia de marketing de algumas marcas e mercados.

Mesmo que o incentivo seja ir às compras, pensar na Black Friday de forma sustentável diz respeito a tornar viável a prática de um “consumo consciente”.

Este movimento preza por um planejamento de consumo e conhecimento do que a pessoa que quer embarcar nas promoções deseja. As marcas que estão engajando nesta estratégia têm como principal objetivo focar em consumir somente o que é necessário, sem exageros que possam impactar o meio ambiente e as gerações futuras.

Além disso, existe também um incentivo à prática de consumo de produtos que não sejam tão agressivos à natureza. Um dos exemplos que está sendo muito adotado é o incentivo ao consumo de marcas que prezam pela sustentabilidade e aplicam estas práticas na produção, mesmo neste período totalmente focado em vendas. Um dos exemplos são marcas que são adeptas de culturas veganas e de reciclagem, por exemplo.

Outro movimento que está se tornando bastante comum nesta convergência entre a Black Friday e a Green Friday, e que até mesmo incentiva a escolha do consumidor por estas marcas, é destinar parte dos lucros que são recebidos neste “boom” de vendas do ano para organizações e instituições que prezam pela sustentabilidade e pelo cuidado com o meio ambiente.

Mas como aderir ao conceito de Green Friday?

Para quem está do lado do consumidor e se planeja para aproveitar as grandes promoções da Black Friday de forma ecológica e consciente, existem algumas dicas que podem ser seguidas e aplicadas para que, além de aproveitar as compras, se pense no futuro também.

Uma delas é listar marcas que, de forma explícita, mostram que se importam com estas causas. Existe uma infinidade de mercados e lugares que sempre se posicionam de forma pública em suas campanhas mostrando que prezam por práticas sustentáveis, mesmo nestes períodos completamente destinados às compras.

Dar preferência a marcas que sejam explicitamente sustentáveis e comprometidas é um dos melhores caminhos a serem seguidos neste caso.

Para evitar um consumismo desenfreado e compras desnecessárias, que também afetam o meio ambiente de forma negativa, é uma dica listar todos os produtos que são realmente necessários e valem a pena serem aproveitados durante este período.

Pensar nos desperdícios também é válido. A sustentabilidade parte desde o processo de produção até o consumo final. Ou seja, todos os detalhes importam e devem ser levados em consideração. As escolhas e o processo devem ser conscientes em todos os aspectos possíveis – até nas embalagens, por exemplo.

Neste ano, a Black Friday tem data marcada para acontecer no dia 24 de novembro. Vale estar atento desde cedo a marcas e lugares que já se posicionaram a favor de um consumo mais consciente e sustentável, levando como exemplo os impactos positivos que o “Green Friday” pode ter durante um dos períodos mais aguardados do ano para quem quer comprar.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO O CIDADÃO PODE SE PROTEGER DAS FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza aos cidadãos o Sistema de Alerta de Desinformação …

Facebook
Twitter
LinkedIn