MICROFRANQUIA MARIA GASOLINA OFERECE MODELO DE NEGÓCIO COM INVESTIMENTO A PARTIR DE R$ 35 MIL

Entre os dias 28 de junho e 1º de julho, no Expo Center Norte, em São Paulo, acontecerá a maior feira de franquias do Brasil, a ABF Franchising Expo. Com mais de 400 marcas expositoras e público estimado acima de 30 mil visitantes, o evento é um dos mais aguardados pelos empreendedores durante todo o ano.

Maria Gasolina– minimercado autônomo gourmet para condomínios residenciais e empresas – marcará presença como expositora, representando um dos setores que mais cresce no franchising atualmente: o de autosserviço promovido pela Inteligência Artificial.

A loja Maria Gasolina, que tem mais de 100 franquias distribuídas em condomínios e empresas.Também conta com um mix de produtos com cerca de 1.200 itens diferentes disponíveis para implantação de acordo com a demanda e tamanho de loja, muito bem-dispostos em um lindo layout.

As vendas ocorrem por meio do autoatendimento, com todo o processo garantido pela segurança oferecida pela Inteligência Artificial: do controle do estoque à gestão da validade dos produtos, passando pelo caixa, tudo é automatizado. “O processo é muito simples e o cliente se sente à vontade em comprar, pagar e usar o espaço como uma extensão de seu condomínio”, diz Dejair Benetti, fundador da marca.

Dejair Benetti conta que a Maria Gasolina iniciou sua expansão justamente na pandemia, quando as pessoas passaram a trabalhar em casa e desejavam, no fim do expediente ou durante o dia, ter um local diferente para trabalhar, realizar suas reuniões, levar as crianças para lanchar ou simplesmente espairecer. “As nossas lojas foram criadas para ser centros de convivência e tiveram esse papel ampliado na pandemia. Agora, que o convívio social está liberado, nossos franqueados realizam eventos e eles são um sucesso!”, comemora o franqueador.

A Maria Gasolina está em um segmento em franca expansão que é o de minimercados autônomos (também chamados de micro market), que podem alcançar mais de 22 milhões de residências no Brasil – número de imóveis alocados em condomínios. “E ser um franqueado de um minimercado autônomo gourmet não exige alto investimento e nem dedicação exclusiva”, diz André Silva, diretor de Expansão da marca.

Ele comenta que a Maria Gasolina formatou dois modelos de franquia que já são evidências de um negócio de sucesso. O modelo Maria Gasolina Quiosque é uma microfranquia destinada a condomínios abaixo de 150 moradias ou empresas com menos de 200 colaboradores. Neste modelo, o franqueado recebe um kit e toda orientação para montar a sua loja, conseguindo montá-la em um dia de trabalho. Até mesmo a parte elétrica é padronizada.

A taxa de franquia é de R$ 12 mil, mas o franqueado pode reduzir este valor adquirindo um pacote de franquias. Por exemplo, caso o franqueado compre cinco franquias modelo Quiosque de uma vez, a taxa de franquia de cada uma cai para R$ 7 mil. Assim, nesse pacote, o franqueado pode montar uma loja Maria Gasolina Quiosque investindo apenas R$ 35 mil.

Outra opção é o Maria Gasolina Express que é uma microfranquia destinada a condomínios verticais e horizontais acima de 150 moradias ou empresas com mais de 200 colaboradores. Se o condomínio ou empresa possuir uma área edificada adequada, a loja é projetada para ocupar este espaço. Caso não haja área edificada, a Maria Gasolina Express pode ser instalada em containers climatizados construídos no local com paredes termoacústicas pintadas eletrostaticamente.

O modelo Express possui quatro valores de taxa de franquia – R$ 12 mil, R$ 24 mil, R$ 36 mil ou R$ 48 mil –, dependendo de alguns fatores, como número de moradias ou colaboradores, se é condomínio horizontal ou vertical, se tem comércio próximo ou não, se a loja será em área edificada ou container, entre outros.

Neste modelo, o investimento total do franqueado para montar uma loja, incluindo taxa de franquia, varia entre R$ 40 mil e R$ 200 mil, dependendo do tamanho da loja e se esta ocupa uma área edificada ou necessita de um container.

Há 30 anos, Dejair Benetti atua no comércio, no segmento de postos de gasolina e lojas de conveniência. Em 2005, fundou a marca Maria Gasolina, uma rede de lojas de conveniência que nasceu justamente em postos de gasolina.

Seu filho, o economista Rodrigo Benetti, atuava em uma multinacional e, por isso, viajava constantemente. “A Maria Gasolina crescia e convidei o Rodrigo para se juntar ao projeto. Ele trouxe todo o seu conhecimento, adquirido tanto no mercado, como executivo, quanto nos cursos universitários e extracurriculares, para que profissionalizássemos ainda mais a operação”, lembra Dejair.

A Maria Gasolina mapeou 157 municípios brasileiros relevantes para sua expansão e pretende investir neles nos próximos 5 anos. Em 2023, a meta é inaugurar 120 lojas em funcionamento e o plano de expansão para os próximos cinco anos inclui mais 500 unidades franqueadas.

 

Foto: Área interna de uma unidade da Maria Gasolina.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

LK DESIGN HOTEL TEM NOVA CARTA DE VINHOS E LANÇA BEBIDA DE MARCA PRÓPRIA

Um dos mais badalados hotéis da capital catarinense, o LK Design, renovou sua carta de …

Facebook
Twitter
LinkedIn