MULTINACIONAL ALEMÃ SENATOR RETORNA AO BRASIL



Michael Nitch, CEO da Senator.



O mercado de marketing promocional está em franca expansão no Brasil. Fatores como a economia nacional, novas tecnologias e a realização de grandes eventos no país fomentam o segmento. De acordo com a pesquisa realizada pela Associação de Marketing Promocional (AMPRO), no ano de 2011, 53% das empresas direcionaram mais verba para ações promocionais do que para a propaganda, num mercado que movimentou R$ 39,6 bilhões no ano passado.
Um estudo realizado pela Universidade Federal de Alagoas relata que o setor deverá manter o ritmo de crescimento na casa dos 20% este ano, apoiado nas primeiras ações promocionais que terão foco na Copa das Confederações (2013), Copa do Mundo (2014) e Jogos Olímpicos (2016). Com isso, muitas empresas internacionais têm buscado formas de atuação em outros segmentos, como, por exemplo, na área de produtos promocionais.
Segundo Auli Prado De Vitto, Diretor da Forma Editora e do Brazil Promotion, o país oferece para essas empresas um mercado sólido e em expansão, com uma demanda de mais de R$ 6 bilhões em aquisições de produtos promocionais. “Temos, pelo menos, 4000 fornecedores que atuam neste setor considerando-se os importadores e distribuidores”, afirma De Vitto. “A expectativa é que o mercado promocional cresça a taxas superiores a dois dígitos, podendo explodir principalmente no período da Copa do Mundo”, completa.
De acordo com Auli Prado De Vitto, produtos com foco em sustentabilidade é a novidade esperada para o mercado promocional. A empresa alemã Senator, que há mais de 90 anos vem desenvolvendo artigos de escrita para o mercado corporativo, tem seguido esta tendência e está de volta ao Brasil este ano, trazendo para o cenário produtos inovadores e de alta qualidade. A empresa contou com um investimento de €$ 300mil para a volta ao país e terá sede no Rio de Janeiro.
A multinacional alemã Senator é líder no segmento de canetas promocionais na Europa e terceira no mundo. A expectativa da empresa é de vender no Brasil aproximadamente 7 milhões de canetas para o mercado corporativo por ano. “O mundo agora está focado no Brasil como, por exemplo, a Copa de 2014 e as Olimpíadas em 2016 acelerando sua economia. Tendo em vista este cenário, a Senator está ansiosa para começar os trabalhos por aqui”, afirma Michael Nitch, CEO da Senator na Alemanha.
Inicialmente, a Senator traz ao Brasil mais de 10 modelos de canetas produzidas de plásticos ou metal, em cinco variações de cores. Entre os modelos a serem comercializados no País, está a caneta CENTRIX, ganhadora do prêmio Red Dot na última feira PSI realizada em janeiro deste ano na Alemanha. Todos os seus modelos são patenteados e desenvolvidos para ações promocionais garantindo compromisso e qualidade para o mercado. “A Senator já vendeu mais de 25 milhões de canetas ao longo de 10 anos no Brasil. O mercado pode contar novamente com a oferta destes produtos num ambiente de negócios, exatamente onde nossa empresa está acostumada a trabalhar”, afirma o diretor da Subsidiária da Senator no Brasil, Ian McCourtney.
A Senator possui atualmente 100 sedes espalhadas pelo mundo, é líder em artigos de escrita na Europa e terceira no mundo no segmento. Certificada pelo ISO 9001, a empresa ainda possui programas de responsabilidade social e ambiental, trabalhando na seleção de matérias-primas e processos de produção, que são direcionados de modo a assegurar a ausência de materiais perigosos, uso de material reciclado, bio-degradabilidade e prevenção de resíduos em seus produtos. Além disso, todos seus produtos são patenteados mundialmente e a empresa recebeu inúmeros prêmios em reconhecimento a excelência em design de seus produtos.
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

DILUB LEVA ALTA TECNOLOGIA E AMPLO PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES DA FUCHS PARA A INDÚSTRIA

A Dilub atua há mais de 32 anos no mercado do estado do Rio Grande …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn