SAIBA COMO TER UMA DIETA SAUDÁVEL DURANTE A LACTAÇÃO

Uma alimentação adequada é sinônimo de qualidade de vida, e essa afirmação é mais do que válida quando o assunto é amamentação. A nutrição da mãe é fundamental para o desenvolvimento, saúde e, principalmente, nutrição do bebê. A professora do curso de Nutrição do UniMetrocamp | Wyden Silvia Henrique de Campos explica em 6 dicas como é possível manter uma dieta saudável e sem complicações durante a lactação.

1 – Aumente adequadamente o consumo de calorias

De acordo com a professora, neste período há uma maior necessidade energética a ser suprida para que a produção do leite seja a melhor possível, então é fundamental que exista o consumo adequado de alimentos de todas as categorias: proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas e minerais.

2 – Consuma alimentos menos processados

Quanto menor o consumo de alimentos super processados, melhor a nutrição da mãe e do bebê, já que os industrializados possuem teores elevados de açúcares, gorduras e realçadores de sabor, que não fazem bem à saúde. “A maior atenção deve estar em vitaminas A, E, complexo B, minerais, ferro, cálcio, que podem ser encontrados em verduras, frutas, vegetais de um modo geral, principalmente aqueles da estação”, explica.

4 – Não faça dietas restritivas

Além de escolher bem os alimentos a serem consumidos, devem ser levado em consideração alguns hábitos alimentares rotineiros da lactante para que os aspectos psicológicos/emocionais não sejam afetados pela restrição de alguns alimentos. Para Silvia, a comida precisa ser uma fonte de prazer e não de mudança de padrão e mais ansiedade. “A amamentação é um processo complementar a gestação, contendo também um impacto muito grande para o bebê. Por isso, é importante estar atenta não só aos aspectos fisiológicos, mas aos emocionais, assim é possível garantir que o período seja nutricionalmente adequado tanto para criança quanto para a mãe”, explica a professora.

3 – Evite o consumo de certas bebidas

Não é porque a dieta deve ser flexível que não existam alguns alimentos a serem evitados na lactação. Refrigerantes, chás, café e, principalmente, bebidas alcoólicas podem passar longe. Silvia explica que, por serem líquidos sem valores nutricionais relevantes e, na maioria das vezes, repletos de aditivos, não há recomendação para consumí-los. “Mesmo as versões diets dos refrigerantes são prejudiciais, porque contam com adoçantes artificiais na composição e acabam sendo piores para saúde”, diz.

5 – Hidrate-se!

Outro fator que contribui (e muito) para a nutrição durante o aleitamento é a ingestão de água. Apesar de ser um conselho recorrente dos profissionais, a hidratação torna-se primordial para saúde neste período. “Toda essa necessidade do corpo durante a amamentação requer um aumento no consumo de água, e sempre aliada às fibras, que ajudam no melhor funcionamento do intestino. É recomendável o consumo de 6 a 8 copos por dia”, explica.

6 – Mantenha um acompanhamento profissional

Muitas dúvidas podem surgir neste período, por isso a professora aconselha manter o acompanhamento de um profissional adequado. “Existem assuntos controversos quando se fala em amamentação, como o fato de alguns alimentos contribuírem para as cólicas do bebê. Não há estudos que comprovem efetivamente a influência, no entanto muitas mães acabam levando boatos como este em consideração e isso pode prejudicar a saúde dela e do bebê, já que cada caso é individual. Sendo assim, o nutricionista é o profissional que pode orientar de forma correta”, completa.

Integrante do grupo Adtalem Educacional do Brasil, o Centro Universitário UniMetrocamp | Wyden é referência em educação com qualidade e inovação desde 2002, oferecendo aos alunos educação de padrão internacional, por meio um corpo docente especializado, infraestrutura de nível mundial – com 18 laboratórios de última geração, bibliotecas com acervo atualizado e salas de aula modernas – além de programas de suporte ao aluno (Care) e programas internacionais, como curso de inglês, intercâmbio para os EUA e palestras com professores estrangeiros. Com 14 anos de experiência em Campinas/SP, a instituição investe constantemente para formar cidadãos profissionais com experiência de aprendizado internacional, capazes de suprir as demandas do mercado de trabalho, atingindo seus objetivos educacionais e de carreira.

O Centro Universitário UniMetrocamp | Wyden possui 40 cursos de graduação nas áreas de Arquitetura, Comunicação, Design, Direito, Engenharia, Gastronomia, Gestão e negócios, Saúde, Tecnologia e Educação. Com mais de 14 mil m² de infraestrutura de padrão internacional, a faculdade possui 18 laboratórios com equipamentos de última geração, 110 salas de aula modernas e equipadas com ar condicionado e 1 auditório com capacidade para cerca de 250 pessoas.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

O PAPEL DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NA MODERNIZAÇÃO DAS SOLUÇÕES FINANCEIRAS

ARTIGO DE VOLMAR MACHADO A transformação digital do mercado financeiro já é uma realidade. Vivemos …

Facebook
Twitter
LinkedIn