VIRACOPOS ADERE À INICIATIVA GLOBAL ‘CORDÃO GIRASSOL’ PARA IDENTIFICAÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES OCULTAS

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, administradora do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), assinou nesta segunda-feira (10/07), o termo de adesão ao projeto mundial “Hidden Disabilities Sunflower Awareness”, uma iniciativa colaborativa que proporciona uma jornada mais inclusiva aos passageiros que possuem algum tipo de deficiência oculta, como autismo, depressão, Alzheimer e TOC, entre outras.

O Hidden Disabilities (HD) Sunflower (Cordão Girassol) é um movimento global que visa familiarizar as pessoas com as deficiências invisíveis. Uma das várias iniciativas para fazer com que o público em geral possa ter conhecimento dessas doenças e seja capaz de identificá-las, foi a criação de um cordão de crachá (lanyard) com desenhos de girassóis, que se tornou o símbolo desta causa.

A ideia nasceu em 2016 no aeroporto de Gatwick, na Inglaterra, e até hoje já foi adotada por mais de 200 empresas com atuação na indústria da aviação civil. O evento em Viracopos teve a participação da fundadora do movimento, Ruth Rabet e da diretora da HD Sunflower para a América Latina, Flavia Callafange. “Estou muito feliz com a adesão de Viracopos ao projeto, mostrando que o tema das deficiências ocultas ganha mais esse importante aliado e somará, com centenas de outros aeroportos pelo mundo, esforços para dar visibilidade e acolhimento às pessoas que possuem essas condições”, relatou a diretora.

O Projeto HD Sunflower está sendo oficializado no Brasil por meio do Projeto de Lei n 5.486/2020, que já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal. Há a expectativa que o projeto seja sancionado pela Presidência da República nos próximos dias.

Com esta adesão, Viracopos terá acesso a todo o material informativo/divulgação e de capacitação/treinamento que deverá ser amplamente aplicado, inicialmente, aos colaboradores de todas as empresas e entidades que atuam no Terminal de Passageiros. O treinamento e capacitação especial dos colaboradores de Viracopos será realizada até o final deste semestre. “A Aeroportos Brasil Viracopos expande agora sua política de boas práticas sociais ao acrescentar mais um importante e criativo instrumento de conscientização e inclusão em Viracopos”, disse Gustavo Müssnich, diretor-presidente da concessionária.  “Com esta iniciativa, o aeroporto reforça o tema da empatia nos relacionamentos humanos durante a jornada do passageiro, tornando a experiência de viajar por Viracopos ainda mais agradável e inclusiva”, complementou Daniela Fantinati, head de experiência do cliente de Viracopos.

A partir da assinatura do termo de adesão, a concessionária também implementará um cronograma de treinamento e capacitação de toda a comunidade aeroportuária, incluindo funcionários de órgãos públicos, companhias aéreas e lojistas. Após a conclusão do treinamento, o aeroporto vai disponibilizar gratuitamente os cordões aos passageiros que o solicitarem. Importante destacar que o passageiro ou seus familiares também devem informar à companhia aérea que possuem alguma necessidade especial no ato da compra da passagem.

O Hidden Disabilities Sunflower (Colar de Girassol) é uma ferramenta simples para alguém compartilhar voluntariamente que tem uma deficiência ou condição que pode não ser imediatamente aparente – e que pode precisar de ajuda, compreensão ou mais tempo nas lojas, no trabalho, no transporte, ou em espaços públicos. Segundo a entidade, globalmente, 1 em cada 7 de nós vive com uma deficiência, ou seja, mais de 1.3 bilhão de pessoas vivem com uma deficiência oculta.

O que é deficiência oculta?

Enquanto alguns de nós experimentamos uma deficiência visível, muitos têm uma deficiência não visível que não é imediatamente aparente para os outros. Estas podem ser temporárias, situacionais ou permanentes, segundo o Projeto HD Sunflower. Estas deficiências ocultas podem ser neurológicas, cognitivas e de neurodesenvolvimento, bem como físicas, visuais, auditivas, incluindo dificuldades sensoriais e de processamento. Elas também incluem doenças respiratórias, raras e condições crônicas, como asma, diabetes, entre outras.

Por mais diversas que sejam essas condições, elas têm necessidades individuais de acesso, e criam barreiras na vida diária de quem as possui. Assim, o portador da deficiência oculta pode optar por usar o cordão de Girassol Oficial para ser visto discretamente em lojas, no trabalho, nos transportes ou em espaços públicos.

Deficiências invisíveis

“Acreditamos que quanto mais entendermos sobre as deficiências ocultas, mais podemos ajudar a melhorar a vida das pessoas que as vivenciam. Portanto, para aumentar a conscientização sobre a ampla gama de deficiências invisíveis que nossos usuários do cordão de Girassol Oficial experimentam, estamos construindo um índice de deficiências que têm poucos ou nenhum sinal externo visível. Juntamente com o treinamento Sunflower que oferecemos, agora você pode explorar como pode apoiar os usuários do HD Sunflower e considerar adaptações no seu local de trabalho para seus colegas e clientes com base em sua deficiência oculta específica”, informa a página do projeto.

Histórico

Desde seu lançamento em 2016, empresas de todos os setores têm se juntado à rede global da HD Sunflower – desde varejo, viagens e turismo, transporte, incluindo mais de 200 aeroportos, educação (universidades, escolas e faculdades), saúde, espaços públicos, estádios de futebol, parques, teatros e instituições financeiras.

O HD Sunflower está presente em diversos países, incluindo: América Latina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Dinamarca, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos e na América Latina, nos países Brasil e Chile até o momento.

Projeto no Senado

O Senado Federal aprovou o projeto de lei 5.486/2020, que oficializa o cordão de girassol como um símbolo de deficiências e outros diagnósticos ocultos, como autismo, Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), demência, entre muitos outros. O PL, que já havia recebido o sinal verde na Câmara em março deste ano, segue para a sanção da Presidência.

 

Fotos 1 e 2: Asinatura do termo de adesão ao projeto mundial “Hidden Disabilities Sunflower Awareness” pelo aeroportode Viracopos.

Crédito: Isabella de Assis/Viracopos

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO O CIDADÃO PODE SE PROTEGER DAS FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza aos cidadãos o Sistema de Alerta de Desinformação …

Facebook
Twitter
LinkedIn