ACIC REALIZA NOVA VIDEOCONFERÊNCIA GRATUITA PARA ESCLARECER EMPRESÁRIOS SOBRE LINHAS DE CRÉDITO

Com a proposta de levar rapidamente orientação aos empresários de Campinas e região, a Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) vem realizando uma série de videoconferências gratuitas, tratando de questões pertinentes ao momento em que atravessa o país, devido à quarentena determinada pelos órgãos governamentais a fim de conter a disseminação do novo coronavírus. O próximo encontro ocorre nesta segunda-feira, dia 30, das 11h ao meio dia, sobre “Linhas de Crédito”, enfocando como elas podem estimular o empresário a manter o seu negócio e dar o “fôlego” necessário para enfrentar esse período.

A transmissão acontece ao vivo, na página do Facebook da ACIC. Para participar e também receber o material de apoio basta efetuar a inscrição gratuita no link https://www.sympla.com.br/conteudo-online-credito-barato-e-acessivel-como-conseguir__828503 .  A presidente da ACIC e vice-presidente da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), Adriana Flosi, apresenta o tema nas videoconferências e convida sempre dois especialistas do tema escolhido para o esclarecimento das dúvidas dos participantes. Para falar sobre “linhas de Crédito” os convidados são Jandaraci Araujo, subsecretária estadual de Empreendedorismo, Micro e Pequena Empresa e diretora executiva do Banco do Povo; e Mauro Miranda, gerente de Negócios da Desenvolve SP. “Os acontecimentos das últimas semanas trouxeram muitas inseguranças para todos os brasileiros. Atualmente, um dos maiores medos dos empresários são as consequências que a paralisação de seus negócios pode gerar. Sem retorno financeiro, não há como pagar fornecedores e contas fixas da empresa, considerando que muitos não possuem uma reserva para emergências. Vamos explicar tudo o que os comerciantes precisam saber para acessar linhas de crédito para a sua empresa de uma maneira facilitada”, informa Adriana.

De acordo com ela, existem alternativas que podem ajudar as empresas, mesmo em um cenário econômico desfavorável. A proposta é oferecer orientações para que o empresário possa ter ferramentas para escolher a opção mais barata e fácil entre as linhas de crédito disponíveis no mercado. “O empresário necessita saber o que é preciso ser analisado na hora de contratar o crédito, o que a empresa pode ganhar com cada opção e como e onde acessar esses benefícios de maneira facilitada”, diz.

Importância de Campinas

O percentual de participação do município de Campinas em número de estabelecimentos comerciais é de 44,17% em nível regional, 2,94% em nível estadual e 0,90% em nível país. Campinas é a terceira praça em maior participação comercial no estado, ficando atrás apenas da Grande São Paulo e de Guarulhos. Os maiores estabelecimentos concentram-se no comércio, serviços e na construção civil (85% do total). “Especificamente em Campinas, a participação percentual do comércio, serviços e construção civil é de 93%, o que demonstra a forte dinamização pelo varejo. A cidade é a 10ª praça de vendas no varejo no país”, informa o economista Laerte Martins, diretor da ACIC.

Novas Linhas de Crédito

O novo cenário econômico fez com que as instituições bancárias e de fomento anunciassem medidas especiais para auxiliar empresas nesse momento de crise. São essas medidas que serão tratadas na videoconferência da ACIC. Entre elas, o Governo de São Paulo, por meio da Desenvolve SP – o Banco do Empreendedor e do Banco do Povo –, anunciou medidas como disponibilização de crédito para financiamentos com condições diferenciadas para o Turismo, Cultura, Economia Criativa e Comércio, além de micro, pequenas e médias empresas em todo território paulista, além da suspensão do pagamento das parcelas a vencer por até 60 dias para os clientes adimplentes.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prometeu a ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), por meio dos bancos parceiros, no valor de R$ 5 bilhões e a suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos diretos e indiretos. Já o Banco do Brasil disponibilizou R$ 100 bilhões para empréstimos a pessoas físicas, empresas e o agronegócio e disse que irá prorrogar as parcelas e diluir a incidência dos juros ao longo de todo o cronograma de pagamentos.

Outra medida anunciada na última sexta-feira (27/03) pelo governo federal, é a disponibilização de uma linha de crédito de R$ 40 bilhões para que pequenas e médias empresas não demitam seus funcionários, em virtude dos efeitos econômicos provocados pela pandemia do coronavírus (Covid-19).

 

Foto 1 – Sede da Acic no centro de Campinas.

Foto 2 –  Mauro Miranda, gerente de Negócios da Desenvolve SP.

Foto 3 – Jandaraci Araujo, subsecretária estadual de Empreendedorismo, Micro e Pequena Empresa e diretora executiva do Banco do Povo.

Foto 4 – Presidente da ACIC e vice-presidente da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), Adriana Flosi.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PATROCÍNIOS E TREINOS EM CASA MANTÊM TIME FEMININO DE BASQUETE DURANTE PANDEMIA

Com cortes e redução de patrocinadores em todas as modalidades esportivas, muitos times brasileiros já …

Facebook
Twitter
LinkedIn