COMO AS EMPRESAS DE TUBOS USAM A TECNOLOGIA PARA SUPERAR A CRISE

A mais recente carta de conjuntura divulgada pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) indica que a economia mundial continua a exibir sinais de desaceleração de atividade econômica. Conflitos e tensões comerciais e aumento de incertezas num mundo com cadeias de produção cada vez mais integradas acabam por afetar o investimento. Com o setor de tubos não é diferente. Entretanto, empresas brasileiras estão superando esse cenário difícil com investimentos em tecnologia e obtendo bons resultados.  “O setor de aço enfrenta desafios a nível mundial e uma prolongada recessão no Brasil. Os volumes como um todo caíram de forma significativa. Para manter-nos em crescimento é fundamental que possamos diversificar nossa atuação tanto com novos clientes quanto com novos produtos”, afirma Luis Otavio Barbosa, diretor comercial da BTL Steelworks.

A empresa é uma das participantes da 10ª edição da Tubotech, Feira Internacional de Tubos, Válvulas, Bombas, Conexões e Componentes, organizada e promovida pela Cipa Fiera Milano com o apoio da ABITAM (Associação Brasileira da Indústria de Tubos e Acessórios de Metal) e da Tarcom Promoções. O evento, que é a principal vitrine do setor, acontece de 1 a 3 de outubro no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo.

Simultaneamente, acontecerá a 4ª Wire South America – Feira Internacional de Fios e Cabos, cujos produtos e visitantes têm grande sinergia com os públicos da Tubotech. Os eventos conjuntos terão a participação de mais de 500 marcas expositoras nacionais e internacionais, que ocuparão uma área de 20 mil m², e público estimado em 13 mil profissionais do setor.

A BTL Steelworks é especializada em tubos de aço sem costura. Usados nas mais exigentes aplicações, principalmente em situações de alta pressão, grande esforço de torção e na condução de gases tóxicos (onde os tradicionais tubos com costura não podem nem devem ser utilizados), o produto é a aposta da empresa para driblar o cenário desafiador mantendo uma operação ágil e enxuta. “Esperamos que a Tubotech nos dê uma maior visibilidade no mercado”, afirma Luis Otavio.

Companhia 100% brasileira, a BTL iniciou suas atividades neste segmento específico em 2009, quando, após visitas a fabricantes internacionais, teve acesso à tecnologia de laminação de tubos de aço sem costura e daí iniciou a fabricação local. Para a 10ª edição da Tubotech, a empresa pretende apresentar uma novidade para o setor de óleo e gás e outra para o setor siderúrgico.

Para o diretor da Nacional Tubos, João Luis Groth, apenas o crescimento sustentável do PIB poderá significar “dias melhores” para o setor. “Muita concorrência com pouco consumo deixa o mercado muito fraco”, avalia.

Como estratégia, Groth afirma que a Nacional Tubos atua com todos os fornecedores de modo a atender o cliente da melhor maneira possível. “Vamos levar os tubos de altíssima resistência que estão cada vez mais sendo usamos pelos fabricantes de implementos agrícolas. Tubos com LE acima de 700MPa”, diz Groth. O executivo enxerga a participação na Tubotech como uma forma de ampliar o networking “É um canal de relacionamento com atuais e potenciais clientes, onde podemos recebê-los e também atender fornecedores e compartilhar informações do mercado”, diz Groth.

Customização

Algumas vezes a tecnologia dá espaço para ações inovadoras. Tal como a de customizar o serviço. É o que faz a Tubos Oliveira em trabalhar com peças cortadas sob medida para o cliente, oferecendo mais facilidade e atendendo até aqueles mais exigentes. Apesar de ser um mercado novo para a empresa, a Tubos Oliveira afirma acreditar que as perspectivas são boas.

Especializada em tubos de aço carbono, a empresa diz estar confiante que o mercado de tubos tenha alta nos próximos anos, sobretudo com a perspectiva de novos projetos que estavam engavetados devido à crise econômica.

 

Foto: Empresas de tubos usam a tecnologia.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PRÁTICA CORPORAL CHINESA QUE MELHORA O HUMOR E A DISPOSIÇÃO É OFERECIDA EM CAMPINAS

A correria do dia a dia pode ser estressante. Em meio a compromissos familiares, trabalho, …

Facebook
Twitter
LinkedIn