MULHERES SÃO MAIORIA EM CONSTRUTORA DE PAULÍNIA

As mulheres estão cada vez mais presentes na construção civil, área historicamente ocupada pela mão de obra masculina. Um exemplo desta mudança no perfil dos trabalhadores está na Gencons Empreendimentos, construtora localizada em Paulínia (SP) e com forte atuação na RMC (Região Metropolitana de Campinas). Na construtora, as mulheres ocupam a maioria dos postos de trabalho e são protagonistas, também, nos cargos de liderança.

Do total de cargos de chefia da construtora, 63% são ocupados por mulheres. O índice é bem acima do nacional. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no país, apenas 38% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres.

A participação das mulheres nos cargos de liderança cresceu junto com a empresa.  Em 2013, quatro dos 11 cargos de liderança eram ocupados por mulheres. Dez anos depois, o número de postos de liderança saltou para 16 e o total ocupado por mulheres subiu para 10. “Tradicionalmente, a construção civil sempre foi um segmento ocupado pelos homens, mas a cada ano as mulheres rompem barreiras e conquistam mais espaço, inclusive nos cargos de gerência”, comenta Elaine Fancio, responsável pelo DHO (Desenvolvimento Humano e Organizacional) da Gencons Empreendimentos.

O perfeccionismo e a atenção cuidadosa dispensada a cada detalhe são alguns dos atributos da mão de obra feminina que fazem toda a diferença no dia a dia e nos resultados da construtora, que prioriza qualidade, cuidado e carinho em todos os seus empreendimentos.  “A mulher tem um olhar minucioso e cuida de cada particularidade com muita atenção e rigor. Esse capricho reflete em cada detalhe do nosso trabalho, desde o atendimento ao cliente ao acabamento dos empreendimentos”, explica Elaine.

A engenheira Sabhata Tenório, responsável pelo Departamento de Engenharia da construtora, é exemplo de profissional empenhada e comprometida com os padrões de qualidade da construtora. “Para construir e entregar empreendimentos impecáveis, fazemos um trabalho quase artesanal, valorizando e cuidando de cada aspecto no canteiro de obras”, diz

Na Gencons Empreendimentos, a presença feminina é forte não só nos cargos de liderança. As mulheres estão presentes em todas as áreas: do escritório ao canteiro de obras. Mais de 50% dos colaboradores da construtora são mulheres. E para manter o alto nível técnico das profissionais, a construtora investe pesado em cursos de capacitação e aperfeiçoamento. No ano passado, foram mais de 2.200 horas de treinamentos, que representaram cerca de R$ 150 mil em investimentos na capacitação das equipes, incluindo homens e mulheres.

A preocupação com a capacitação é outra característica da mão de obra feminina. Estudos mostram que, em geral, os homens têm, em média, 7,9 anos de estudos, enquanto as mulheres têm 8,1 anos. Uma das justificativas é que muitos homens ingressam no ramo da construção civil por falta de opção, enquanto as mulheres buscam mais oportunidades para uma melhor remuneração.

A Gencons Empreendimentos, que nesse mês de março completa 20 anos no mercado, possui sua sede em Paulínia e é referência na concepção e venda de loteamentos abertos e fechados, condomínios verticais e horizontais na região.  Atua como construtora, incorporadora e financiadora de seus produtos.

 

Foto 1 – Engenheira Sabhata Tenório, responsável pelo Departamento de Engenharia da Gencons Empreendimentos.

Foto 2 – Mulheres são maioria entre os colaboradores.

Crédito: Divulgação.

 

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO O CIDADÃO PODE SE PROTEGER DAS FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza aos cidadãos o Sistema de Alerta de Desinformação …

Facebook
Twitter
LinkedIn