PLATAFORNA DE SOLUÇÕES CLIMÁTICAS BASEADA EM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL REDUZ CUSTOS DE IRRIGAÇÃO E PROTEÇÃO DE PLANTAS

A agroindústria brasileira é o mais recente setor econômico a sentir o poder revolucionário da Inteligência Artificial. A empresa de soluções climáticas Meteum relata reduções significativas de custos tanto no risco de perda de qualidade de rendimento quanto na eficiência de proteção de cultivos de seus clientes. Usando uma combinação de IA e machine learning para processar mais de 160 milhões de previsões por minuto para cada ponto do mapa, a plataforma fornece aos profissionais da agroindústria informações meteorológicas hiperlocais em tempo real e dados climáticos integrados.

Os agricultores estão utilizando com sucesso a plataforma para planejar atividades sensíveis ao clima, incluindo pulverização, sementeira, colheita, bem como para mitigar problemas como seca, congelamento e danos provocados por doenças, como a poluição do trigo. Embora a plataforma só tenha sido lançada no Brasil e no México no início deste ano, os resultados começam a aparecer, com os clientes agrícolas da Meteum relatando um risco até 30% menor de perda de qualidade de rendimento e uma eficiência de proteção de culturas até 25% maior. “Até o momento, os resultados de nossos clientes das agroindústrias brasileira e mexicana são extremamente agradáveis”, comenta o CEO da Meteum, Alex Ganshin. “Estamos confiantes de que este é apenas o começo de uma parceria emocionante entre a Meteum e os agricultores de ambos os países que investem cada vez mais na ‘agricultura de precisão’”, completa.

O CEO da Meteum, Alex Ganshin, segue explicando. “As razões para isso não são apenas porque uma abordagem inteligente e baseada em dados para a agricultura faz mais sentido para os negócios a longo prazo, mas também porque está se tornando rapidamente uma necessidade de aproveitar as tecnologias mais recentes ao se adaptar a cada vez mais fenômenos climáticos extremos e, ao mesmo tempo, implementar um modelo de negócios mais sustentável e de menor impacto para o futuro”, diz.

A Meteum, uma ferramenta de previsão meteorológica alimentada por inteligência artificial, é a mais recente participante numa indústria que, no Brasil e no México, está evoluindo cada vez mais através de avanços agrotecnológicos como robótica, drones e ciência agrícola.

O CEO da Meteum, Alex Ganshin, comentou recentemente em entrevista sobre o trabalho na AgTech. “O nosso trabalho na AgTech é impulsionado pelo nosso reconhecimento do papel crítico do clima na agricultura, influenciando tudo, desde os horários de irrigação até à gestão de pragas. Dado que a agricultura afeta profundamente a nossa vida cotidiana, pretendemos aproveitar a tecnologia para promover o crescimento sustentável e a eficiência na indústria”, declarou.

As agroindústrias de ambos os países são potências de crescimento econômico, tendo o Brasil recentemente revisto a sua taxa de crescimento anual para 13,2%, em 2023, e o México reportando exportações recordes de produtos agrícolas, no ano passado. No entanto, as alterações climáticas ameaçam cada vez mais reduzir esses ganhos, principalmente diante de fenômenos meteorológicos extremos e imprevisíveis mais frequentes e severos.

Na mesma entrevista, Ganshin também abordou a oportunidade da chegada da Meteum em ambos os mercados. “A adoção dessas tecnologias pode contribuir significativamente para práticas agrícolas sustentáveis e para a luta contra as alterações climáticas. Os agricultores podem otimizar os processos de irrigação e fertilização com dados meteorológicos precisos, sendo que equipamentos não tripulados ajudam a reduzir o consumo de combustível. Tais adaptações resultam na minimização do uso de água, na diminuição da dependência de produtos químicos e na preservação dos recursos naturais. Em conjunto, esses passos aumentam a eficiência, reduzem as emissões de gases com efeito de estufa e promovem práticas agrícolas mais sustentáveis.”

A Meteum oferece informações meteorológicas hiperlocais e em tempo real com base em sua própria tecnologia de previsão do tempo. Alimentado por machine learning, fornece previsões e análises precisas em bairros individuais em todo o mundo. Essas soluções ajudarão as empresas a crescer mais rapidamente, minimizando possíveis riscos associados ao clima. As empresas podem integrar dados meteorológicos em produtos para atender às suas necessidades. A Meteum fornece uma API simples para qualquer tipo de informação meteorológica e climática.

 

Foto: CEO da Meteum, Alex Ganshin.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

LK DESIGN HOTEL TEM NOVA CARTA DE VINHOS E LANÇA BEBIDA DE MARCA PRÓPRIA

Um dos mais badalados hotéis da capital catarinense, o LK Design, renovou sua carta de …

Facebook
Twitter
LinkedIn