TRÊS RECURSOS QUE SÃO O SEGREDO DE UM EMPREENDEDOR

ARTIGO DE BEATRIZ MACHNICK

Minha orientação nas consultorias empresariais que realizo é para que os profissionais percebam a riqueza que já têm nas mãos. Estou me referindo, em primeiro lugar, às 24 horas de cada dia, um recurso muito precioso, mas que precisamos aprender a utilizar melhor. Sim, é possível fazer uso do tempo sem desperdícios e com otimização máxima!

Além da competência técnica, o sucesso de uma empresa depende também do bom uso das soft skills, aquelas habilidades que envolvem relacionamento e resiliência. E esse aprendizado depende de outros dois fatores: a gestão das emoções e dos relacionamentos. Faço aqui uma reflexão para auxiliar quem deseja prosperar nessas áreas:

Gestão das emoções

Nesse quesito reside o coração de toda empresa e define como são tomadas as decisões. Todo empreendedor precisa se conhecer. Para isso, sugiro começar pela leitura de “Inteligência Emocional”, de Daniel Goleman. Para o autor, a verdadeira inteligência não tem a ver com Q.I., e sim com persistência, controle de impulsos, empatia e habilidades sociais. De posse do conhecimento técnico, recomendo colocar em prática com afinco. Um exemplo que trago aqui é não dizer “sim” quando deveria dizer “não” – por exemplo, no caso de um desconto solicitado pelo cliente, mas que você sabe que torna a venda economicamente inviável. Se você erra no preço, compromete a receita da empresa. Isso significa que a gestão das suas emoções pode estar ligada ao lucro! Coloque tudo na ponta do lápis para saber onde está gastando e visualizar despesas e datas de vencimento.

Bom uso do tempo

Os empresários já sabem que “tempo é dinheiro” – e para gerir melhor essa preciosidade é necessário dedicar a atenção necessária a um cliente por vez. Procure encerrar tarefas ou delegá-las adequadamente antes de passar para a próxima. Para alcançar suas metas, sugiro colocá-las no papel, e indicar o “como” você pretende chegar a cada uma dela, com a devida estratégia. E para isso a disciplina é fundamental, estabelecendo regras e limites que você mesmo precisa seguir. O próprio Albert Einstein ensinou que, para alcançar resultados diferentes, é preciso mudar a forma como fazemos as coisas.

Valorize os relacionamentos

Nossos colegas, chefes e clientes nada mais são do que pessoas com quem temos um relacionamento profissional! Se você os encarar assim e se dispuser a fazer seu melhor sempre, verá que sua postura tem o poder de mudar seu comportamento. Pensando no cliente que você já tem, posso dizer que é um dos seus maiores tesouros, e o que ele espera de você não é um produto ou serviço, e sim uma experiência. E ela é formada pelo impacto que sua empresa causa; pela lembrança que ele levará daquilo que experimentou, e pela transformação provocada em sua vida.

A tríade acima funciona como um círculo virtuoso. Cuidar bem do nosso uso do tempo, das emoções e dos relacionamentos que já temos é a chave para crescer e prosperar. Que tal começar 2023 com uma visão otimista de si mesmo?

 

Beatriz Machnick é professora, contadora, especialista em Controladoria e Finanças, mestre em Governança e Sustentabilidade. CEO e fundadora da BM Finance Group com sede em Curitiba e filiais no Rio de Janeiro e Nova York.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO O CIDADÃO PODE SE PROTEGER DAS FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza aos cidadãos o Sistema de Alerta de Desinformação …

Facebook
Twitter
LinkedIn